Tubos de Ensaio

Quase todo mundo já viu um tubo de ensaio, um item fundamental para fazer experiências com reações químicas. Esses utensílios que tem como função isolar a reação de alguns reagentes são feitos geralmente de vidro temperado de maneira que podem ser aquecidos diretamente na chama do Bico de Bunsen. Os formatos podem variar, mas de uma maneira geral esses tubos tem forma alongada e cilíndrica.

A média de tamanho dos tubos de ensaio é de 1 a 2 centímetros de abertura e seu comprimento fica entre 5 e 20 centímetros. Para que seja mais fácil despejar dentro do recipiente os líquidos para promover a reação química a sua abertura tende a ser mais grossa. Utensílios indispensáveis para um laboratório de testes químicos.

O Que é o Bico de Bunsen?

Para quem não conhece esse aparato bastante usado em laboratórios químicos é basicamente o dispositivo que emite uma chama para aquecer tubos de ensaio bem como para esterilizar objetos pequenos. Trata-se de um queimador de gás que conta com chama ajustável. O nome desse queimador é uma homenagem a Robert Wilhelm Bunsen que foi um químico alemão que desenvolveu o projeto do equipamento usando como base o projeto dos seus então assistentes Michael Faraday e Peter Desaga.

Experiência no Tubo de Ensaio

Para quem ficou curioso a respeito das experiências químicas que podem ser realizadas com tubos de ensaio podemos citar a identificação de produtos que possuem compostos de amônio. Os produtos em questão são aquecidos e recebem a adição de uma base para que então liberem o amoníaco gasoso NaOH.

A reação que ocorre dentro do tubo de ensaio serve para identificar a presença de compostos de amônia, algo que pode ser verificado a partir da aproximação de papel tornassol da abertura do tubo, o papel ficará azul se houver amônia. Outra forma de ter confirmação nesse experiência é a formação de cloreto de amônio na boca do tubo de ensaio. Em alguns casos se usa o reagente Nessler que cria um corpo sólido dentro do tubo de ensaio com tonalidade amarelo-castanho. Esse é apenas um exemplo de experiência possível com os tubos de ensaio.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Química
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *