A História do Violão

Os instrumentos musicais sempre fizeram parte de nossa vida, e por que não dizer da existência humana, já que, nos primórdios, já havia os primeiros tambores, flautas, apesar de serem bastante rústicos e não muito agradáveis de usar.

Com o tempo, foram se aperfeiçoando e chegou ao que é hoje. O violão, por exemplo, é um instrumento bastante utilizado e conhecido. Muitas pessoas já ouviram ou até mesmo praticaram o instrumento, que é muito presente em apresentações de bandas, grupos ou artistas.

Mas, você conhece a origem do violão? Neste artigo, iremos falar justamente sobre isso. Venha conhecer um pouco mais sobre a história de um dos instrumentos musicais mais conhecidos no mundo. Vamos lá?

O Violão

O violão se caracteriza por ter um corpo “grandalhão”, geralmente feito utilizando a madeira. Também há os cordões que serão responsáveis pela formação das notas musicais. Estes são feitos de materiais resistentes.

“Guitarra clássica” é o nome do violão nos países estrangeiros, visto que apenas no Brasil o instrumento é conhecido como violão.

A história do violão nos remete até alguns milhares de anos antes de Cristo. Para ser mais exato, 2.000 a.C. Isso é sabido através de descobertas arqueológicas que aconteceram no local onde antigamente era instalada a babilônia. Arqueólogos encontraram, enterrados, algumas pinturas de pessoas que estavam tocando um instrumento que lembrava e muito um violão convencional (a data das imagens encontradas está entre 1900 -1800 a.C.)

Mas foi descoberto também que alguns aspectos ainda são bem diferentes do instrumento que conhecemos hoje. Sobretudo na maneira de segurá-lo como na construção do corpo do mesmo. Não podemos nos esquecer, também, que o número de cordas que compõem o instrumento nas imagens, feitas em placas de barro secas, não correspondem ao padrão atual. Para se ter uma ideia, em algumas imagens só estão descritas duas cordas e nada mais.

Em localidades como Assíria, Luristan e Susa, por exemplo, também foram encontrados vestígios dos ancestrais dos violões. Tem sido considerado que o violão surgiu na mesma época que outros instrumentos que envolvam a corda em sua composição, tais como a Vilhuela e o Alaúde, por exemplo.

Como já dito, o violão é um nome exclusivamente brasileiro, que fora adotado pelo Brasil para designar o instrumento, conhecido em todo o mundo como guitarra clássica. Muitos esforços, a maioria por parte de artistas, foi feita para fazer com que o “violão” fosse extinto, sendo chamado de “guitarra clássica” assim como todas as outras nações do mundo o nomeavam. Conseguiram com que o nome guitarra fosse aceito no Brasil, mas para designar o violão eletrônico, chamado de guitarra elétrica. O violão “natural”, no entanto, continuou com o mesmo nome.

O Violão Em Eventos Musicais

Depois de falar um pouco sobre a história do Violão, vamos abordar agora o uso dele no mundo da música. Sempre percebemos que a maioria dos cantores, quando realizam um show, em algum momento sacam o seu violão e começam a cantar, tocando-o simultaneamente. Isso porque o violão, com os acordes certos, pode dar um acabamento melhor na hora de cantar, servindo até como um som de fundo.

Outro ponto positivo para o violão é que seu peso, relativamente baixo, auxilia na hora de ser carregado, estando muito presente em reunião de amigos em estádios, casas, locais de festa, enfim, por, ser simples e dar apoio ao vocalista, já que, com o violão, vários trabalhos podem ser feitos sem o auxílio de uma bateria, que é infinitamente mais difícil de carregar por aí.

Um exemplo é a cantora mineira Paula Fernandes. Não é difícil, em seus shows, não vê-la acompanhada de seu violão, na hora da performance de alguma música que necessite dos acordes.

Mas não somente a cantora, outros artistas também utilizam o violão em seus shows, obviamente.

A Formação do Violão

Como já conhecemos um pouco da história e do emprego do violão, vamos detalhá-lo, para ficar mais fácil entender como é formada cada parte do instrumento.

Cabeça

A cabeça do violão é, geralmente, feita do mesmo material que o braço do violão é feito. Ela serve para acomodar as extremidades das cordas do violão. As cravelhas, também chamadas de carrilhões estão nas partes laterais do violão, e podem ser formados a partir de vários materiais, desde plástico até ossos.

Braço

O braço do violão é a parte mais comprida do instrumento. Geralmente, essa parte é feita de madeira bastante resistente, já que a tração exercida sobre essa parte é forte. A madeira utilizada, nesses casos, pode ser tanto o cedro quanto o mogno.

Corpo

Chegando a uma das partes mais importantes do violão, o corpo é o responsável por fazer ecoar o som emitido através do toque induzido nas cordas. Ele é feito de vários tipos de madeira, e não tem somente a função decorativa, mas sim o caráter de sua natureza física, como por exemplo, sua flexibilidade.

O Violão Nas Músicas Acústicas

As músicas acústicas são aquelas produções onde meios eletrônicos, como mixagem, estão religiosamente proibidos. Isso porque o que se espera de uma música acústica é realmente a voz do vocalista, sem efeitos especiais, muito menos de sons eletrônicos, entrando aí aparelhos acústicos que emitem som por conta própria, como os violões e baterias, por exemplo.

Alguns preferem mais a música acústica a aquela que passou por um “tratamento” eletrônico para se alterar ou aperfeiçoar algum efeito. De fato, a música acústica é um pouco mais calma do que a eletrônica, apesar de os dois ritmos possuírem particularidades.

É notável que o violão seja sempre mais preferido em concertos acústicos a qualquer outro instrumento, já que, com ele, é possível alcançar várias notas musicais, dando a entonação necessária para acompanhar a voz do vocalista.

Quanto Custa Um Violão?

O violão, antigamente, poderia ter preços altíssimos, mas, atualmente, não é assim. É possível encontrar modelos que custam pouco mais de 200 reais até os mais caros, que podem bater na casa dos 200 mil reais.

Há vários tipos de violões, desde os simples até os que possuem conexão elétrica, para amplificação do som.

Por Francisco Prado

 

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *