O Surgimento das Favelas no Brasil

As Favelas

É preciso compreender essa classe social emergente em algumas metrópoles de nosso Brasil para não cairmos no erro da descriminação ou preconceito. Mesmo porque, embora façam parte da realidade de nosso país, quase nada encontramos nos livros didáticos utilizados pelas escolas públicas freqüentadas por nossos filhos, esclarecendo o surgimento e a história desse povo. Precisamos, portanto, entender como surgiram esses tipos de moradia e comunidade.

De acordo com a história, foi no Rio de Janeiro que surgiram as primeiras favelas, tão logo terminara a Guerra de Canudos. Já em São Paulo, foi somente depois do término da 2ª. Grande Guerra que elas começaram a surgir. Pessoas que não conseguiam adquirir um imóvel em um bom lugar na cidade acabavam fixando residência nas encostas dos morros e em outras áreas degradadas das cidades, geralmente caracterizadas por condições precárias, sem infra-estrutura ou regularização. Para algumas pessoas, cujo entendimento social está deturpado pelo preconceito, essas assim chamadas “favelas” são focos de problemas… Acreditam que as favelas são o “esconderijo dos marginais”, achando que para acabar com a marginalização e criminalidade é preciso acabar com as favelas.

Já para outras, com interesses políticos, essas favelas são locais ideais para a conquista de votos, já que normalmente têm uma população muito grande. Esses julgam que através de meras promessas e visitas descompromissadas poderão atrair a simpatia dessa classe que aos seus olhos não tem muito entendimento social ou político-econômico. Entretanto, do ponto de vista social, as favelas são o resultado do fluxo migratório das pessoas que chegam às grandes metrópoles, em geral oriundas de áreas rurais ou então de outras localidades com menos oportunidades de trabalho, em busca de uma melhor qualidade de vida.

Por Carlos Alberto Bächtold – Foz do Iguaçu, PR

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *