Set, Deus Egípcio

Set

Set, Deus Egípcio

Set, Deus Egípcio

Set era o deus dos antigos egípcios das tempestades, do deserto e do caos, e posteriormente do mal. Era filho da deusa da terra Geb e do deus dos céus Nut, e era representado com a cabeça de um animal indefinido que até hoje intriga egiptólogos. Especula-se que é a cabeça de um dos seguintes animais: chacal, girafa, asno ou aardvark (espécie de mamífero africano). Set era um personagem selvagem e sempre invejoso de seu irmão mais velho Osíris. Era casado com sua irmã, a deusa Néftis.

O Culto a Set

Sobre

Sobre

Seth não foi sempre uma figura maligna, na verdade ele era bastante adorado em tempos pré-históricos. Auxiliava o deus Rá em suas batalhas contra a serpente Apep e somente com o tempo ele assumiu as características do mal e do deserto enquanto representava os aspectos selvagens e áridos do mundo natural, assim como era sua personalidade.

As divisões políticas entre Alto e Baixo Egito e a influência cultural dos inúmeros invasores que passaram pelo Egito podem ter tido sua influência na demonização do outrora influente culto de Set.

O Assassinato de Osíris

Fotos

Fotos

A mais importante história de Set na mitologia egípcia narra como ele assassinou Osíris e espalhou as partes de seu corpo para então tomar o trono do Egito. Mas o que este não sabia era que a deusa Ísis, esposa de Osíris, estava grávida. Ela deu a luz ao deus Hórus e o criou secretamente, para mantê-lo protegido da ira de Set. Ocasionalmente o próprio Osíris deixava o mundo dos mortos para instruir seu filho nas artes da guerra. Então, quando Hórus tinha idade o suficiente e era bem treinado o bastante ele desafiou o maligno Set para uma batalha e venceu, vingando seu pai.

Logo Hórus, filho de Osíris, foi proclamado rei do Egito. Set naturalmente contestou a decisão, argumentando aos deuses que somente ele era forte e bravo o suficiente para proteger Ra, o grande deus sol e, portanto ele deveria ter o trono. Set conseguiu convencer alguns dos deuses para o seu lado, mas Ísis os fez voltar atrás mostrando que Hórus era de fato o verdadeiro rei. A causa de Hórus foi ainda mais reforçada quando os deuses decidiram consultar Osíris no submundo e ele demandou saber porque seu filho não estava no trono. Ele ainda ameaçou liberar demônios do submundo contra eles se seu filho não fosse coroado. E após isso tudo, Rá o deus supremo, proclamou Hórus o rei do Egito.

A história tem finais diferente: Em um deles, Set vai viver nos céus com Rá. Em outro Set é condenado a carregar Osíris em seus ombros pela eternidade por sua vilania. E em um terceiro não tão punitivo diz-se que a deusa Neith propôs que Seth recebesse como esposas as deusas estrangeiras Anat e Astarte em consolação por perder o trono.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Divindades
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *