Santo Anselmo: Religião e Cultura

Santo Anselmo ou Anselmo de Cantuária ou Anselmo de Aosta ou Anselmo de Bec. O último nome faz referência a cidade onde nasceu Santo Anselmo e também porque era nela que ficava o mosteiro onde ele viveu.

Santo Anselmo além de ser um monge beneditino era também um filósofo e entre os anos de 1093 a 1109 foi o arcebispo de Cantuária. Na mesma época fundou a escolasticismo.

Santo Anselmo tornou-se muito conhecido pois foi uma personalidade de grande influência falando sobre a “Teologia Ocidental”,porém, um tema em particular, o tornou ainda mais popular. Santo Anselmo tinha teorias sobre a existência de Deus, sobre o argumento ontológico e sua visão sobre o quanto se ficava satisfeito diante da teoria da expiação.

Com 27 anos já tinha se tornado um abade, pouco tempo depois de ter entrado para a Ordem de São  Bento que ficava na Abadia de Bec. Já o posto de arcebispo lhe foi concedido durante o reinado de Guilherme II da Inglaterra. Foi nomeada o arcebispo de Cantuária.

Durante 3 anos precisou se manter exilado, entre os anos de 1097 e 1100, o exílio se repetiu mais tarde entre os anos de 1105 e 1107. A segunda vez foi uma decisão de Henrique I, por conta de grandes conflitos e divergências pelos quais passavam a Igreja Católica.

Anos depois, em 1720, o Santo Anselmo vinha a ser declarado, através de uma bula papal de Clemente XI, Doutora da Igreja. Depois disso passou a ser tratado como santo e no dia 21 de abril comemora-se o seu dia.

Breve Biografia Do Santo Anselmo

Nascido cerca de 1033, não se sabe exatamente o ano de nascimento de Santo Anselmo, mas ao que tudo indica fazia parte de uma família cujo mantinha estreitos laços com a Casa de Saboia. Também se sabe que sua família era muito rica. Filho de Gundulfo e de Ermemberga, ambos oriundos de famílias com muito dinheiro.

O seu desejo de seguir o caminho da Igreja Católica ficou evidente quando ele completou 15 anos e seu desejo era entrar para um mosteiro. Porém, não teve a autorização do pai e o desapontamento fez com que ele desenvolvesse uma doença psicossomática.

Depois de lutar com a doença e vencê-la, Anselmo não quis mais estudar e passou a levar uma vida sem nenhum tipo de preocupação. Nesta mesma época, a sua mãe faleceu.

Quando completou 23 anos de idade, Anselamo deixou a sua casa e viajou, através do Alpes, por algumas cidades italianas e francesas.

Escolheu a Normandia para ir pelo o que se falava do seu conterrâneo Lanfranco. Era 1059, e não demorou muito, exato um ano, para que ele realizasse o sonho de entrar para um mosteiro. Com 27 anos tornou-se um noviço submetendo-se a “Regra de São Bento”.

Em 1063, Anselmo foi escolhido como prior em Bec e neste cargo permaneceu por mais 15 anos, até ser nomeado abade substituindo Herluin, que tinha falecido.

A sua consagração como abade aconteceu em 1079 no dia 22 de fevereiro e foi feita por Évreux. A consagração aconteceu antes do previsto pois era necessário cobrir uma vaga.

Depois Da Consagração: A Influência De Anselmo

Bec passou a ser um centro de ensino de grande referência na Europa depois que Anselmo assumiu o comando. Isso fez com que estudantes de várias partes da Itália e da França almejassem ir para Bec.

Na mesma época que Bec fazia sucesso graças as suas decisões, Anselmo fez os seus primeiros escritos de Filosofia. Em 1076, “Monológico”, em 1077, “Proslógio”. Seguidos de outras obras, como “A Queda do Diabo” e o “Livre Arbítrio”, entre outros.

Ao mesmo tempo em que escrevia suas obras filosóficas tentava manter a abadia independente de tantos poderes que a influenciavam na época. Para completar, se viu obrigado a combater com Roberto de Beaumont, que era o conde de Leicester.

Santo Anselmo Em Visita A Inglaterra

Santo Anselmo precisava fazer visitas as propriedades da abadia que ficavam na Inglaterra e aproveitava a oportunidade para visitar Lanfranco. Nesta época, ele tinha se tornado arcebispo de Cantuária e o sucessor natural de Lanfranco para esse posto era Santo Alnselmo.

Porém, no ano de 1089, quando Lanfranco morreu, Guilherme II da Inglaterra não nomeou Anselmo como era de se esperar, mas pegou para si todas as propriedades e também a renda do arcebispo.

Atendendo um convite do Primeiro Conde de Chester, Hugo de Avranches, Anselmo cruzou o canal da Mancha, em 1092. Ficando praticamente 4 meses ajudando a resolver assuntos da abadia, porém, quando pensou em voltar para Bec foi impedido pelo rei.

Nesta época, Guilherme II ficou doente e acreditando que a doença era fruto das maldades que havia feito, como forma de compensação, resolveu, finalmente, nomear para Anselmo a sé de Cantuária para si, era dia 6 de março de 1903. Porém, alegando que não estava bem de saúde e devido a sua idade avançada, Anselmo quis não aceitar a nomeação.

Para aceitar tal incumbência, Santo Anselmo fez uma lista com condições, tais faziam parte do que desejava para a reforma gregoriana. Entre as condições, as terras que ficaram com Guilherme II deveriam ser devolvidas, assim como Santo Anselmo queria que seus conselhos espirituais fossem aceitos e aceitar Urbano II como papa. Porém, o rei aceitou somente a primeira condição, mesmo assim, dias depois, voltou atrás e suspendeu a investidura de Anselmo. Porém, era tarde demais, pois o povo apoiou Santo Anselmo e as terras da Cantuária finalmente foram entregues a ele.

A consagração de Santo Anselmo como arcebispo de Cantuária aconteceu no dia 4 de dezembro de 1093.

A decisão de Anselmo de não aceitar imediatamente a nomeação de Guilherme II e negociar as condições é discutida pelos historiadores e não existe um consenso, se ele fez isso de forma sincera ou era realmente para pressionar o rei e ter aquilo que deveria ser seu por direito. Podendo tirar outras vantagens da situação.

A única certeza é que ele conseguir uma pequena parte das condições e o rei acabou aceitando finalmente não por livre vontade, mas por pressão do povo.

Santo Anselmo nasceu em uma abastada família de nobres, no ano de 1033, em Aosta, que é uma região de Piemonte. Ao contrário do que ansiava sua família, Anselmo, no ano de 1506, decidiu ingressar no mosteiro beneditino de Bec. No caminho ele mudou de ideia e seguiu rumo a Lyon, dirigindo-se em seguida para Cluny e Avranches, fazendo seus votos somente no ano de 1063, quando contribui de forma intensiva para transformar a abadia onde morava em um importante centro cultural.

No ano de 1093, recebeu a consagração como arcebispo de Cantuária, fato que gera uma grande quantidade de conflitos entre a igreja e a classe soberana. Entre suas obras destacam-se o Monólogo de 1076, o Proslogio, O Gramático, A Verdade, A Liberdade de Arbítrio, Sobre a Queda do Demônio, Epístola Sobre a Encarnação do Verbo e O Mistério da Trindade.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Espiritualidade
1.538

Função: Programação e SEO
Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG)
Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *