Cursos de Dublagem no Brasil

Se você está sonhando em se tornar um dublador profissional no Brasil porque leu que a Cameron Diaz faturou 5 milhões de dólares para trabalhar no Shrek 2? Já pode desistir da profissão, antes mesmo de começar um curso.

Não pode ser um tipo de escolha baseado em ganhar muito dinheiro, mas principalmente, deve ser algo que você goste muito de fazer e que tenha talento para tal. Não é simples sincronizar sem deixar de lado a interpretação, avisam os professores de cursos de dublagem, para quem pensa que será bem fácil.

Sobre a Formação em Dublagem no Brasil

Tenha em mente que antes de dublar você precisa saber interpretar. Você estará fazendo uma reinterpretação e em uma língua que não é sua. Por isso, antes de procurar um curso e ficar frustado com as exigências, saiba que aqueles sérios, exigem que você tenha cursado antes graduação em artes cênicas ou tenha feito teatro profissionalizante.

Também são oferecidos curso e dublagem como especialização para quem é ator, mas para saber exatamente onde encontrá-los, visite esses dois sites: www.satedrj.org.br ou www.satedsp.org.br ou ainda www.cursodedublagem.com.br.

Alguns Detalhes dos Cursos de Dublagem

Quem frequenta esse tipo de curso aprenderá entre outras coisas, técnicas de respiração, como se colocar diante a um microfone, interpretação, dicção, mas acima de tudo, como fazer o sincronismo labial. Para muitos, a parte mais difícil e ao mesmo tempo é a mais importante do curso de dublagem.

Quem escolhe essa profissão encontrará trabalho nos filmes para cinema, naquelas para televisão, nos estúdios que fazem só dublagem, para novelas, seriados e desenhos animados.

No Brasil, esse é um trabalho que pode pegar o dublado de surpresa, sem um acordo feito previamente, por isso, é bom estar sempre atento as chamadas do estúdio.

É um mercado de trabalho muito restrito, em raros casos, o dublador consegue um contrato fixo com um estúdio, normalmente, os trabalhos vão sendo feitos conforme vão surgindo. O salário de um iniciante, pode ser em torno de 80 reais a hora, mas quem consegue se estabelecer no meio, pode chegar a ganhar mais de 10 mil reais por mês.

Quais Características Deve Ter Um Dublador

Antes de correr para fazer um curso de dublagem, tenha certeza que você tem as características necessárias para seguir essa profissão. Veja quais são aquelas indispensáveis para conseguir terminar o curso e entrar no mercado de trabalho!

  • Talento artístico;
  • Precisa ter versatilidade com a voz;
  • Saber usar bem a linguagem coloquial;
  • Usar bem a técnica de leitura dinâmica;
  • Gostar de ouvir rádio;
  • Ter capacidade de boa memorização;
  • Gostar muito de ler;
  • Ser capaz de interpretar;
  • Dedicar uma boa parte do tempo para assistir filmes e teatro;

Exigências Para Entrar no Curso de Dublagem

Um curso que não seja sério pode até não fazer nenhum tipo de exigência, o que não servirá de nada para você , pois na hora de trabalhar, ela será feita e sem preencher todos os requisitos você não terá chances de ter o trabalho.

A exigência básica é a do DRT que é o registro que garante que você frequentou e concluiu um curso de artes cênicas ou de artes dramáticas, isto é, você é um ator ou atriz profissional.

Esse registro é conseguido no Ministério do Trabalho e Emprego só depois da apresentação dos documentos que comprovem que o curso foi concluído.

Essa exigência não é feita para pessoas menores de 14 anos de idade, mas neste caso, a família deve pedir uma autorização para que o menor possa realizar o trabalho junto a Vara de Infância e Juventude.

Como dublador profissional, tendo terminado o curso, além de dar voz a personagens, você poderá fazer o trabalho de dublagem, que sincronizar a sua voz com aquela original, respeitando expressões labiais e faciais e ações.

Esse trabalho poderá ser realizado para filmes específicos de televisão ou de cinema, para desenhos animados, para documentários, para trilhas e comerciais, para seriados, novelas e jingles, entre outros produtos.

Também tem um nicho mais recente para os dubladores que é a “dublagem e legendagem”, neste caso, é necessário dominar a língua original da produção que se pretende dublar e colocar legendas.

Mais Detalhes Sobre o Mercado de Trabalho

Os aspirantes a trabalhar no mundo da dublagem, devidamente com seus cursos concluídos, passam por testes para iniciar. Normalmente, são processos seletivos para saber se aquela pessoa está apta a realizar o primeiro trabalho.

O pagamento é feito de acordo com o tempo de trabalho, que no “mundo” dos dubladores é chamado de anel. Cada anel corresponde a 20 minutos de voz gravada. Dessa forma, a cada dia trabalhado, as horas vão sendo anotadas e quantos anéis foram feitos aquele dia.

É muito raro que um dublador tenha exclusividade com uma empresa, normalmente, ele pode acumular vários trabalhos ao mesmo tempo e nenhum deles será fixo. O contrato neste meio é em grande parte dos casos, feito por projeto, temporário. Mas, em raros casos, existem os contratos com carta assinada, sem data para acabar.

Aqui no Brasil, um dos casos comum de dublagem é o dos desenhos animados, que num primeiro momento são dublados para passar no cinema. Só dessa forma que os pequenos brasileiros podem assistir os filmes produzidos nos Estados Unidos, por exemplo. Todas as obras de animação passam pela dublagem.

A primeira dublagem de um desenho animado feita no Brasil, foi em 1938, em um estúdio que ficava em São Cristóvão chamado CineLab. O filme que foi dublado para passar nos cinemas brasileira foi “Branca de Neve e os Sete Anões”. Foi o ponto inicial da dublagem no Brasil. Já a primeira pessoa a trabalhar com dublagem no Brasil foi o dono da Delart, nos dias de hoje, Carlos de la Riva.

Não demorou muito para que os brasileiros acostumassem ver os astros do cinema americano falando português, graças a televisão e a transmissão de filmes e programas estrangeiros. O que não acontece no cinema, onde os filmes são transmitidos com língua original e com legenda em português, o mesmo acontece em boa parte da programação exibida pelos canais pagos.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Cinema

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *