Adélia Prado

A escritora brasileira Adélia Luzia Prado Freitas mais conhecida por Adélia Prado nasceu no dia treze do mês de dezembro do ano de 1935 em Divinópolis. Em seus trabalhas ela mostra encanto, perplexidade, relatas fatos do cotidiano sempre mostrando sua fé cristã e um aspecto bem lúdico que passou a ser uma característica bem única dela. Era sempre elogiada por Carlos Drummond de Andrade que dizia: “Adélia é lírica, bíblica, existencial, faz poesia como faz bom tempo: esta é a lei, não dos homens, mas de Deus. Adélia é fogo, fogo de Deus em Divinópolis”.

Era professora e lecionou durante vinte e quatro anos de sua vida, mas escrever era sua paixão e optou por investir somente nisso.  Sua carreira como escritora foi marcante e importante principalmente para as mulheres que passaram a ser respeitadas como pensantes. Suas poesias foram: no ano de 1975 Bagagem, Imago, no ano de 1978 O Coração Disparado, Nova Fronteira, no ano de 1981 Terra de Santa Cruz, Nova Fronteira, no ano 1987 O Pelicano, Rio de Janeiro, no ano de 1988 A Faca no Peito, Rocco, no ano de 1999 Oráculos de Maio, Siciliano e Louvação para uma Cor e no ano de 2010 A duração do dia, Record.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Autores
1.538

Função: Programação e SEO
Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG)
Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *