Clássicos da Literatura Brasileira

Literatura Brasileira

A literatura brasileira é nova, tão nova quanto o Brasil em si, em seus pouco mais de 1500 anos. Comparamos a sua juventude com grandes nomes dos escritos mundiais, como a literatura inglesa, alemã, entre outras, países com longa história no mundo das escrituras, considerados berço da arte na humanidade.

Clássicos da Literatura Brasileira

Clássicos da Literatura Brasileira

São quase dois séculos de literatura dividida em períodos, uma forma didática de estudo para escolas e pesquisas. São eles: quinhentimos, barroco, arcadismo, romantismo, realismo, naturalismo, parnasianismo, simbolismo, pré-modernismo, modernismo e o neo-realismo. Atualmente estamos vivendo o pós-modernismo. Para cada período, temos clássicos característicos, livros importantes em sua época e alguns nomes perduram até hoje.

As Divisões

Livros

Livros

As divisões da literatura brasileira são uma forma de classificá-la quanto as suas características mais marcantes. No quinhentismo, por exemplo, temos as publicações mais para registro, na fase inicial de povoação do Brasil, com obras voltadas para narração do cenário indígena local e ação da igreja. Os livros de Padre Antonio Vieira são os mais importantes e conhecidos desta fase.

Denominamos clássicos da literatura brasileira os livros que, por suas características, foram inovadoras para a época e criaram uma nova forma de escrever. São obras que representam de uma forma ímpar seu tempo e espaço, além de ir à frente e trazer inovações para a arte da escrita.

Podemos denominar uma obra literária como clássica quando ela apresenta uma forma inovadora e instigante de escrever. Precisa ser original, mesmo tendo como inspiração obras anteriores, necessitam mostrar algo novo, que a torne importante diante dos livros já lançados. Elas também são atemporais, sempre mostrando algo novo fora do seu tempo.

São vários os livros denominados clássicos da literatura brasileira. Alguns autores reúnem todas as características citadas no parágrafo anterior, como Machado de Assis. Pertencente ao movimento realista, o escritor mostrou em seu tempo uma forma muito mais a frente de narrar. Sua obra mais clássica e fonte de estudos até hoje, Dom Casmurro, mostra uma narrativa tão intensa e controversa que chega a ser impossível saber se Bentinho, protagonista, foi mesmo traído ou não por Capitu.

Produção Literária

Escritores

Escritores

Outra figura pertencente à linha clássica de nossa produção literária é o autor José de Alencar. Seu estilo romântico até a última palavra é um registro histórico de sua época, onde as mulheres eram devotas dos maridos e casavam na maioria das vezes por puro interesse, uma forma de ampliar os bens. Seu livro mais famoso é Senhora, onde a protagonista mostra o poder do dinheiro em um casamento sem amor pelo puro luxo de ostentar uma fortuna. Mas, como em todo romance da época, a mulher acaba arrependendo-se amargamente e ficando de joelhos para pedir perdão.

O romantismo na poesia também está presente na lista de livros clássicos através de obras de Gonçalves Dias, considerado autor dos poemas mais doces de devotos a uma mulher de toda a literatura.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Literatura
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *