Bienal 2011: Edição Bateu Recorde de Público

A maior feira de livros do Brasil, a Bienal do Livro do Rio de Janeiro, que aconteceu nos dias 1º a 10 de setembro, teve o maior público de sua história nessa sua última edição, que está na 15ª. Foram contabilizados 670 mil visitantes, um número 5% maior do que a última edição do evento realizada em 2009.

Projeto Literatura

Projeto Literatura

Dessa forma, a Bienal realizada no Rio Centro, teve um crescimento ainda maior, com um faturamento de R$ 58 milhões, ou seja, 12% a mais do que a edição de 2009, com uma venda de 2,8 milhões de livros. Como a sua realização, coincidiu com o feriado de 7 de setembro, isso serviu para que o Rio Centro atingisse sua capacidade máxima, recebendo um público recorde de 110 mil pessoas em um único dia.

Com isso, o investimento de R$ 4,2 milhões feito pelos organizadores para incrementar a programação, teve um impressionante retorno. Pelo menos 18 mil visitantes participaram de um dos eventos culturais promovidos pela Bienal 2011, que reuniu famosos escritores, entre 21 autores estrangeiros e 118 brasileiros.

Bienal do Livro

Bienal do Livro

Dentre os renomados autores, compareceram à Bienal: Anne Rice, Thalita Rebouças, Ferreira Gullar, Michael Connely, Eduardo Spohr, Alyson Nöel, Gonçalo M. Tavares, entre muitos outros. Um dos destaques dessa 15ª edição da Bienal do Livro do Rio de Janeiro foi o seu Café Literário, espaço reservado para apresentar novos nomes da literatura brasileira para o público em geral.

Outro espaço que fez muito sucesso foi a Maré de Livros, destinado para o público infantil, com o objetivo de apresentar o mundo dos livros às crianças, para formar uma futura geração de leitores.

Mesmo com autores internacionais de peso como Anne Rice, autora de “Entrevista com o Vampiro”, que teve até mesmo uma versão para o cinema protagonizada por Tom Cruise, quem atraiu o maior número de fãs foi o Padre Marcelo Rossi.

Rossi é autor de “Ágape” (Globo Livros), um dos livros que está há semanas na lista dos mais vendidos nas livrarias de todo o Brasil. O Padre visitou a Bienal no feriado de 07 de setembro, e uma semana antes de sua visita, anunciou o evento no programa de rádio que apresenta. Dessa forma, o dia que já estimava ser lotado, foi ainda mais confuso, tanto que o estacionamento do Rio Centro, que conta com oito mil vagas precisou ser interditado à tarde por falta de vagas.

XV Bienal do Livro

XV Bienal do Livro

Além do Padre Marcelo, quem também teve destaque foi a cantora e atriz norte-americana Hilary Duff, que compareceu à Bienal para divulgar o seu livro de estreia: “Elixir”(ID Editora). A loura de 23 anos causou histeria entre seus fãs, que formaram uma imensa fila a tarde toda com o objetivo de obterem autógrafo da artista.

Ronaldinho Gaúcho foi outra celebridade que marcou presença na Bienal 2011. O jogador do Flamengo foi convidado para autografar os gibis da Turma da Mônica onde aparece como um personagem criado pelo cartunista Maurício de Souza.

Vale lembrar que a presidente da república Dilma Roussef participou da abertura do evento, que ocorreu no dia 1º de setembro, e aproveitou para anunciar o programa do Livro Popular, onde o governo federal pretende subsidiar livros comprados por bibliotecas públicas, além de ter a intenção de criar um mercado de livros populares para conquistar um número maior de leitores. A cultura brasileira agradece.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Livros
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *