Livro Guinness dos Recordes: 100 milhões de cópias

Quem não se lembra do incrível “Guinness Book – o livro dos recordes”? Pois é, agora com seu nome alterado para “Guinness World Record”, o fantástico livro, ainda vem sendo um dos mais vendidos na história ! Sua origem começou bem lá atrás, com uma idéia nada convencional. O diretor de uma cervejaria denominada Guinness, Sr Hugh Beaver, no ano de 1951 ao participar de uma caçada, se questionava qual das duas aves – tarambola ou tetraz- seria a mais rápida de toda a Europa.Entendeu então, que se tivesse um livro com essas informações, viria a ter grande utilidade à muitas pessoas e se tornaria um grande sucesso.

Livro Guinness dos Recordes: 100 milhões de cópias

Livro Guinness dos Recordes: 100 milhões de cópias

Sendo assim, no ano de 1955, precisamente no dia 27 de agosto, “nascia” o Guinness Book of Records e logo na primeira edição, chegou a atingir no Reino Unido, a lista dos livros mais vendidos do ano. Nos anos que se seguiram, o sucesso foi aumentando cada vez mais: Em 2003, obteve a marca de 100 milhões de cópias vendidas. Em anos posteriores chegou também a ter uma série de TV, que também foi um sucesso.O que é mais interessante no livro, é que qualquer pessoa pode ter acesso a recordes jamais imaginados.Eventos extremamente incomuns, que deixam os leitores boquiabertos, tamanha destreza e criatividade. O ser humano sempre teve consigo o ímpeto de desejar se superar em alguma tarefa ou atividade.

Livro Guinness dos Recordes: 100 milhões de cópias

Livro Guinness dos Recordes: 100 milhões de cópias

É muito comum existirem competições, onde se busca provar quem é o melhor, e talvez isso seja uma herança de nossos antepassados da era pré-história onde, desde aquela época, se lutava muito para disputar comida, território, etc…Uma característica do livro que é muito atraente, é o fato de ser todo ilustrado, colorido e com um acabamento gráfico impecável.Com certeza, isso é um dos atributos que concede tão elevado índice de aceitação entre seus leitores. A equipe responsável pelo Guinness tem uma preocupação muito grande com o fator ética, e alguns dos principais recordes mundiais, foram em alguns casos removidos completamente.O motivo muitas vezes é que alguns recordes colocavam em risco a saúde e segurança de animais e pessoas. Como exemplo, o recorde do gato “mais pesado”, estimulava os donos a darem muita comida aos animais além do natural e o que comprometia em muito a saúde dos mesmos.

Livro Guinness dos Recordes: 100 milhões de cópias

Livro Guinness dos Recordes: 100 milhões de cópias

Logicamente casos como esse, também se estenderam a pessoas e não somente a animais.Essa atitude dos responsáveis, não diminuiu em momento algum o sucesso do livro, que até hoje é um dos mais lidos no mundo todo. Pelo contrário, é na verdade visto com “bons olhos”, já que mostra a preocupação com a segurança e saúde das pessoas.Recentemente muito se investiu em franchising, onde alguns museus em locais como Tóquio e Hollywood, refletem através de estátuas, material impresso e fotográfico, os grandes recordes contidos no livro.

by Marcelo Marcolino

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Livros
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *