Cultura Popular do Brasil

Se tem algo no Brasil que é bastante diversificado é a sua cultura, com bases em diversos outros povos, cada canto carregando suas características próprias com relação a comidas, festas, estilos de danças, roupas, sotaques e muito mais. Ao andar pelas ruas das cidades brasileiras é possível notar tudo que há de diferente ligado à cultura nacional.

O Que é Cultura Popular?

Antes de falarmos especificamente a respeito da cultura popular do Brasil é interessante conceituar o que o se considera efetivamente como cultura popular. Podemos definir como um conjunto que abarca os saberes que resultam da interação entre os indivíduos do povo. Os componentes dessa cultura são transmitidos geralmente por meio de tradições orais ou ensinamentos práticos ligados a costumes e comportamentos das pessoas de uma determinada região.

Dentro desse arcabouço estão inclusos o folclore da nação assim como técnicas artesanais, danças, cantos, festas, manifestações corporais como pinturas entre outros. Há grande confusão quando se fala em cultura popular no sentido de considera-la somente como os mitos e lendas folclóricos, no entanto, devemos compreender que esse conceito se estende para muito mais do que isso incluindo símbolos, costumes, crenças, conhecimentos entre outros.

A Cultura Popular Brasileira

Após a conceituação do que se trata cultura popular podemos nos concentrar particularmente no Brasil. Nosso país possui uma cultura bastante rica e diversa pelo fato de sua nação ter se originado da confluência de vários povos. As culturas que se tornaram mais proeminentes na formação do conjunto popular brasileiro são a indígena, a portuguesa e a africana. Porém, não podemos deixar de lembrar que também ajudaram a construir a identidade cultural outros povos como os holandeses, italianos, japoneses entre outros.

Cultura Popular – Manifestações Literárias

Dentre as principais formas de literatura popular temos:

Lendas Folclóricas

São consideradas lendas folclóricas as histórias populares que são narradas pelo povo de maneira oral e que eventualmente ganham versões literárias. Desse universo podemos citar Saci-Pererê, Mula sem Cabeça, Boitatá, Lobisomem, Curupira entre outros. Muitas dessas histórias têm como objetivo transmitir uma mensagem moral acerca do que se pode ou não fazer destacando que aqueles que não seguem as regras são punidos.

Literatura de Cordel

Caracterizada por se apresentar sob a forma de folheto com capa ilustrada por xilogravura é um estilo de destaque nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Alagoas, Paraíba e Pará. Adquiriu força no período entre os anos de 1930 e 1960 influenciando nomes importantes de nossa literatura como Ariano Suassuna, João Cabral de Melo Neto e Guimarães Rosa.

Esse tipo de publicação teve sua origem na Europa em torno do século 12 com proeminência em países como Itália, França e Espanha ganhando popularização com o Renascimento. No Brasil foi introduzida pelos portugueses por volta do século 18. Por meio do humor e de uma linguagem ritmada se tem acesso à informação.

Cultura Popular – Manifestações na Forma de Festas

Carnaval

Apesar do Brasil ser conhecido como o ‘país do carnaval’ temos que dizer que essa festa tem suas origens na Antiguidade tendo se consolidado na Europa e sido trazida para cá pelos portugueses na forma do Entrudo. A comemoração conhecida como Entrudo consistia no povo indo as ruas atirar farinha, água, ovos e tinta uns nos outros.

Com o passar do tempo esse costume foi proibido popularizando confetes e serpentinas, bastante utilizados na França. A primeira marchinha de carnaval foi composta por Chiquinha Gonzaga em 1899. Foi somente depois que as marchinhas foram substituídas pelos sambas-enredo.

Festas Juninas

De origem pagã, as festas de junho já eram realizadas antes da Idade Média, como uma comemoração do equinócio (de 21 a 22 de junho – quando o dia é mais longo que a noite no Hemisfério Norte), porém, após a ascensão da Igreja Católica passaram a ter caráter religioso. Percebendo que o povo continuava a realizar a festa pagã os católicos resolverem homenagear três santos em junho: Santo Antônio (13 de junho), São João (24 de junho) e São Pedro (29 de junho).

Em Portugal essas festas eram chamadas de Joaninas (em referência a São João) e por aqui ficaram como festas juninas sendo bastante tradicionais especialmente a de Caruaru. Uma curiosidade é que as comidas típicas são uma junção com a cultura indígena. Os índios também realizavam festas em junho para agradecer os alimentos e os jesuítas usaram esse fato como uma forma de atraí-los para as festas católicas, por isso comemos tantos pratos feitos a partir de milho.

Cultura Popular – Manifestações na Dança

Danças Folclóricas

Praticamente todo estado brasileiro possui algumas tradições de danças sociais que tem algum objetivo particular que pode ser de cunho religioso, em homenagem a algo ou alguém, saudação espiritual entre outros. Alguns exemplos dessas danças são o samba de roda, o bumba meu boi, maracatu, frevo, catira, jongo, quadrilha, baião entre outras. Essas danças têm muito a dizer sobre as tradições culturais de cada estado.

Cultura Popular – Manifestações Musicais

Samba

O estilo de música e dança mais lembrado quando se fala a respeito de cultura popular brasileira. A sua origem é africana, no Período Colonial os escravos faziam festas cujo nome era ‘Samba’, motivo pelo qual durante muito tempo o estilo foi criminalizado. Sendo um dos elementos mais representativos do nosso país está em todo no território sendo tocado de formas diversas.

O samba pode ser tocado com viola, violão ou cavaquinho. Acredita-se que o nome Samba seja uma derivação do termo africano ‘Semba’ que significa umbigada. O primeiro samba gravado foi “Pelo Telefone” no ano de 1917 com interpretação de Bahiano e letra de Donga e Mauro de Almeida.

Músicas Folclóricas

Canções populares como “Ciranda, Cirandinha” ou “Atirei o Pau no Gato” são conhecidas por todos, mas ninguém sabe quem são seus autores. Essas músicas se enquadram no que se chama de música folclórica que geralmente tem melodia e estilo alinhados com a região em que foram compostas.

Os compositores dessas canções, mesmo que tenham talento, dificilmente se dedicam a uma carreira musical. Podemos citar também as cantigas de rodas que são músicas populares cantadas em roda com alguma finalidade de diversão como “Escravos de Jó”.

Bossa Nova

Um estilo importante para a cultura musical brasileira, a Bossa Nova, contempla canções produzidas no final da década de 1950 em que se pode observar uma combinação de elementos do samba brasileiro com o jazz norte-americano. Dentre os principais nomes desse movimento estão João Gilberto, Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

MPB (Música Popular Brasileira)

O Movimento MPB faz referência às canções brasileiras que foram gravadas após o Golpe Militar de 1964. Contudo, não existe nenhuma diferenciação entre as músicas devido ao seu posicionamento político.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Américas
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Sou estudante da Universidade de São Paulo, gostaria de saber se posso usar a nona figura (cultura-popular-do-brasil-3) em uma campanha pessoal que busca valorizar a cultura brasileira.

    Obrigado,

    Henrique Marques 31 de outubro de 2013 20:56 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *