Cultura Japonesa

O Japão é um dos países mais admirados do mundo por ser sinônimo de boa organização, de desenvolvimento tecnológico e de estratégias inteligentes para o crescimento da nação. A cultura japonesa é marcada por tradições milenares e por costumes que preservam a natureza e a saúde. A seguir vamos falar um pouco sobre essa cultura rica e que tem muito para nos ensinar em termos de desenvolvimento.

Superação é a Marca do Japão

Se tivéssemos que definir o Japão em apenas uma palavra certamente essa seria “Superação” uma vez que ao longo da história a nação milenar precisou se reinventar muitas vezes. Mesmo em momentos difíceis como quando foram lançadas bombas atômicas em Hiroshima em 1945 ou então o acidente com a usina nuclear de Fukushima em 2014 o país soube agir com calma e se reerguer mantendo seu status de potência mundial.

Respeito Pelos Mais Velhos

Uma das bases da cultura japonesa é o respeito pelos mais velhos que é ensinado desde os primeiros anos de escola. Saber aprender com a experiência dos mais velhos e através dos exemplos ao longo da história é algo inerente a essa cultura milenar. Trata-se de compreender o que tem de melhor na sociedade e tirar proveito desses ensinamentos.

Conhecendo as Tradições Japonesas

Taiko – Tambores

Algo muito bonito a respeito da cultura japonesa é que as tradições são milenares e resistem ao tempo. Um bom exemplo disso são as apresentações de Taiko que consistem em tambores que produzem um som cheio de energia. Essa tradição está na cultura japonesa há cerca de 1.500 anos e continua bastante presente nos festivais do país e também em festivais de inspiração japonesa em países em que o povo é imigrante como o Brasil, por exemplo.

Festival O-shogatsu (Ano Novo)

Os alegres e tradicionais festivais japoneses são uma marca especial dessa cultura milenar. Um dos festivais mais populares é o O-shogatsu de ano novo em que é feita uma reunião na casa dos avós para comer macarrão, alimento que simboliza o desejo de ter uma vida longa. Quando se aproxima da meia-noite os japoneses se dirigem a santuários ou templos para pedir que tenham sorte no que vai começar.

Hanami Matsuri (Primavera)

O festival da primavera tem como objetivo central a contemplação das belas flores de cerejeiras. O período de floração das cerejeiras se dá no final do mês de março e início do mês de abril. Essas árvores podem ser encontradas por todo o país, as festividades podem acontecer em parques ou templos. Essa época do ano é bastante movimentada no país que recebe muitos turistas que desejam ver de perto a beleza das cerejeiras.

Festival O-Bom (Homenagem aos Mortos)

Esse festival é realizado no mês de agosto e tem como objetivo fazer uma homenagem aos mortos. Um festival que tem muita animação e que conta com uma série de tipos de danças e até mesmo fogos de artifício, não há tristeza na homenagem aos mortos.

Quimono – “Coisa de Vestir”

Difícil pensar em Japão e não pensar diretamente nos lindos quimonos, palavra que significa “coisa de vestir”. A vestimenta que hoje é usada somente em ocasiões especiais ou então em casamentos temáticos é um dos reflexos da influência chinesa no Japão. Os primeiros quimonos surgiram no século IV e tinham mais detalhes rebuscados que os quimonos atuais.

Animes e Mangás

Os personagens de olhos grandes e traços marcantes conquistaram o ocidente, uma das principais marcas da cultura japonesa no mundo os animes (desenhos animados) e mangás (quadrinhos japoneses) tem temática e estilo gráfico próprio. Um dos toques mais divertidos dos mangás é a leitura de trás para frente ao melhor estilo oriental.

Gastronomia Japonesa

Se você logo pensou em sushis e sashimis saiba que embora sejam iguarias deliciosas não representam necessariamente o que está no cardápio diário dos japoneses. Uma refeição é completa para os japoneses quando tem arroz (Gohan) e uma sopa de pasta de soja que recebe o nome de Missoshiru. Os japoneses também consomem com frequência um macarrão que é chamado também de Udon ou Soba. As tigelas fundas que vemos frequentemente nos animes fazem mesmo parte do dia a dia dos japoneses em suas refeições.

A bebida favorita dos japoneses é o chá quente, mas tem que ser puro sem açúcar. Um detalhe no mínimo curioso do que diz respeito a culinária japonesa é que esse país é o maior consumidor de carne de baleia do mundo. Por lá a carne desse animal é muito apreciada, mas existe uma polêmica pelo fato de que as baleias podem entrar em extinção tamanha a sua caça.

Sucção da Sopa

Se um dia você for ao Japão e for convidado a tomar sopa com japoneses saiba que é de bom tom fazer barulho de sucção do líquido. Se no ocidente esse som é visto como falta de educação ao tomar sopa para os japoneses é um sinal de polidez.

Bebida Alcóolica Japonesa

A bebida alcóolica mais consumida no Japão é o saquê que é obtido através do processo de fermentação do arroz. Sua origem data do século III.

Religiões no Japão

As duas religiões que predominam no Japão são o Budismo (religião não teísta que tem uma série de crenças e tradições) e o Xintoísmo (religião politeísta que adora as forças da natureza).

Nada de Calçados Dentro de Casa

No Japão as pessoas não entram com sapatos que usaram na rua dentro de casa. Os sapatos são substituídos por chinelos chamados de suripa.

Sento – Banhos Públicos

Um traço muito forte da cultura japonesa é a seriedade e o conservadorismo, não é mesmo? Pois, descontrua um pouco essa imagem para entender a tradição do Sento que é basicamente um banho público. Quem gosta de animes já deve ter visto cenas em que os personagens vão a uma casa de banhos e todos desfrutam de um banho coletivo. Essa é uma tradição antiga que perdeu bastante sua popularidade no Japão, mas que ainda tem alguns adeptos atualmente.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Ásia
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *