Cultura Europeia no Brasil

Os europeus, povos que foram responsáveis pela colonização do Brasil, trouxeram consigo inúmeras influências para aqueles que estavam por aqui. A partir daí passaram a ser adotados aspectos diferenciados em relação aos costumes e à estética, fazendo com que sofressem mudanças drásticas em suas vidas, criando uma mistura que pode ser notada até os dias atuais.

Dentre os vários povos que fizeram parte da formação de nosso país, estão sem dúvida os europeus, já que o Brasil foi descoberto e colonizado primeiramente pelos portugueses.

Os Portugueses

A mais notória portuguesa deixada pelos portugueses no Brasil é nosso idioma, a língua portuguesa, que não é somente nossa língua oficial, mas a de diversos outros países que passaram pelo mesmo processo de colonização. Credo de grande parte da população brasileira, a religião católica, é também derivada da influencia Portuguesa.

O catolicismo, religião profundamente inserida nas raízes de Portugal, deixou em nosso país a tradição de seu calendário religioso, com suas procissões, festejos e celebrações. As mais importantes festas brasileiras, que ficam inseridas no contexto das festas juninas, do Carnaval e das celebrações religiosas, foram trazidas pelos povos portugueses. Mas não somente elas; há outras festas folclóricas regionais como o bumba-meu-boi, as cavalhadas, o fandango, dentre outras, que sofreram grande influencia da colonização de Portugal.

As Influências Europeias em Terras Brasileiras

Na Arquitetura

A arquitetura no Brasil é um dos segmentos que mais sofrerem influência, possuindo peculiaridades e belezas, entretanto muitas delas foram inspiradas em razão da chegada dos portugueses, fazendo com que a implantação de características ligadas ao design de construções acontecesse de forma rápida.

Os aspectos principais que podemos destacar são a presença beirais e de sobrados, que podem ser avistados com facilidade até os dias atuais, sem que seja possível destacar esta ou aquela cidade que possuam este tipo de arquitetura, já que diversos bairros, estados e cidades apresentam grande quantidade dessas estruturas, mostrando-se uma influencia bastante presente. Como exemplo bastante conhecido podemos citar a Estação da Luz, em São Paulo, uma das estruturas de apresenta nitidamente a influência europeia.

A Le Corbusier foi uma das escolas que mais influenciou as pessoas no Brasil, especializando-se no modernismo, com isso, muitos dos jovens interessados em arquitetura puderam por em prática suas ideias nas estruturas públicas, o que pode ser visto nas obras de Paulo Mendes da Rocha e Oscar Niemeyer na construção de Brasília.

Na Literatura

Em se tratando de obras literárias, fica fácil de conseguir destaque para uma enormidade de aspectos europeus que passaram a ser usados pelos escritores brasileiros, especialmente nas escolas literárias e seus mais destacados períodos.

No barroco, por exemplo, vemos grandes características europeias, mostrando uma maior sensibilidade na expressão verbal, resquícios da colonização. Um dos divisores de água da época do Quinhentismo, a primeira manifestação artística em terra brasileira, foi a Carta de Pero Vaz de Caminha, que fazia uma descrição pormenorizada do Brasil, de acordo com a ótica do escritor, salientados seus pontos positivos ligados à natureza e a beleza das paisagens, mas não se esquecendo dos hábitos e costumes dos povos que por aqui estavam.

Essa primeira manifestação não fora feita por brasileiros, mas foi de grande influencia para os demais que vieram a se aventurar na literatura.

Logo depois vieram inúmeros outros movimentos literários, como o romantismo e o neoclassicismo, mostrando a diferença apresentada na cultura indígena e branca, tudo trazido pela colonização. Os destaques da época foram Tomás Antonio Gonzaga e Claudio Manoel da Costa.

Posteriormente vieram o realismo e o modernismo, trazendo consigo uma maior liberdade de expressão e de forma, mas ainda com apego ao modo europeu de ser e de escrever, e muitos foram os autores que ganharam um lugar diferenciado na história, como Machado de Assis, Aluízio de Azevedo e inúmeros outros.

Na Culinária

Em se falando em alimentação, culinária, fica menos fácil de se dizer quais foram suas influencias maiores, já que os costumes fizeram com que os pratos daqui e de lá fossem adaptados ao paladar de um e de outro. Mas não podemos deixar de mencionar a feijoada brasileira, que foi uma mistura do famoso cozido português, e das adaptações feitas pelos negros.

Outro grande sucesso da culinária é cachaça, bebida bastante apreciada pelos brasileiros e também pelos estrangeiros, sendo outra adaptação da colonização dos portugueses, feita para dar lugar à bebida de uva que era muito apreciada pelos portugueses.

Generalidades

Aspectos diferentes podem chegar a influenciar determinada cultura, especialmente em se tratando de interferências antigas que podem se apresentar até os dias atuais, mostrando determinadas características que foram trazidas por outros povos. De forma geral, a cultura dos portugueses foi culpada por introduzir em nosso país inúmeras coisas, como os movimentos artísticos: maneirismo, renascimento, barroco, neoclassicismo e rococó.

Desta maneira, a pintura, a literatura, escultura, arquitetura e música, além das artes decorativas que vieram com o Brasil colônia apresentam influência total da arte de Portugal, podendo ser observada na decoração exagerada talhada em detalhes dourados e nas pinturas deixadas nas igrejas coloniais. Esse tipo de manifestação esteve presente até a Independência do Brasil, tanto na arte erudita quanto na popular.

A Imigração

Como já pudemos observar, toda essa manifestação se deu principalmente em decorrência da imigração dos povos que foram trazidos juntamente com a colonização. Mas não foram apenas os portugueses os responsáveis por agregar mais e mais à nossa cultura.

Dentre os vários grupos imigratórios que chegaram ao Brasil, podemos dizer que o maior deles foram os italianos, se levada em conta o período que vai de 1870 a 1950. Eles fizeram do Brasil sua pátria e aportaram desde o Rio Grande do Sul, até o de Minas Gerais, ficando grande parte deles no Estado de São Paulo.

Depois dos italianos fizeram mais e mais portugueses, sendo quase o mesmo número. Também ganharam destaque os alemães, que passaram a imigrar a partir de 1824. Ao contrário dos outros, fixaram residência especialmente na Região Sul, fazendo desses lugares verdadeiros pedaços da Alemanha.

Na região Sul é difícil não perceber a influência dos imigrantes alemães e italianos, seja na culinária, língua, música e demais aspectos. Outros povos, como espanhóis, árabes, japoneses e poloneses também tiveram papel importante na formação da cultura brasileira, entretanto, de maneira mais diminuta.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Regional

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *