Cultura Francesa

Uma das culturas mais clássicas e mais referenciadas que existem em todo o mundo é a cultura francesa. Ela está muito bem estabelecida há anos e foi e ainda é modelada por diversos aspectos diferentes, sendo influenciada por questões geográficas, influências de grupos internos e externos ao país, além de eventos históricos que ocorrem em todo o mundo, o que foi um dos maiores preditores da cultura, para que ela esteja hoje como está.

Desde os primórdios do desenvolvimento cultural a França como um todo, mas, sobretudo, sua capital, Paris, foi um forte influenciador das questões culturais que acabaram se disseminando em todo o mundo. Tudo isso começou mesmo no século XVII, como um dos pontos de “espelho” e de gatilho cultural na Europa, juntamente com a Itália e com Portugal e Espanha, por exemplo. As culturas que foram criadas e até mesmo interagidas entre si, se disseminaram no mundo no século XIX, época em que a França já estava estabelecida como um dos países principais da chamada “exportação cultural”, a partir da influência de sua moda, arte, culinária e até mesmo de seu cinema nos outros países e continentes.

Sendo o país que se apresenta no topo com relação ao número de Prêmios Nobel de Literatura é, até hoje, um potente influenciador de outras literaturas do mundo, inclusive da brasileira, que apresenta grandes escritores cuja principal influência foi justamente a França. Na França é que existe um dos monumentos de visitação mais desejado em todo o mundo, a Torre Eiffel, que é um ícone da arquitetura desse país e que se localiza em sua capital, em Paris. Com relação à moda, apesar de Milão ser reconhecida como o grande centro mundial da moda, Paris, juntamente com Nova Iorque e Londres, representa uma importante capital de influência da moda para o mundo, apresentando, inclusive, uma das principais marcas e referências no assunto, a Chanel.

Uma das características mais marcantes da cultura francesa é o fato de que ela apresenta, de uma maneira bastante clara, períodos de influência desde o pré-histórico, o romano, o renascentista, passando pelo barroco e rococó, neoclássico, contemporâneo, e outros períodos e escolas de arte que se passaram ao longo dos anos. Muito embora a religião tenha influenciado em muito a construção da cultura francesa, como na grande maioria dos países europeus, atualmente o país se constitui como um Estado laico e atualmente a cultura vem se desenvolvendo a partir da miscigenação de várias outras culturas e religiões, principalmente devido ao grande número de estrangeiros que se encontram a cada dia mais presentes na França.

A população francesa, inclusive, é conhecida como uma das que mais investem parte de seus rendimentos para praticar atividades relacionadas à cultura, de uma maneira geral, o que dá um média de um pouco mais de mil euros anuais, por pessoa, em atividades como cinemas, concertos, shows e idas a museus, por exemplo. O cinema corresponde à metade desse investimento, que é seguido pelas visitações em monumentos e em museus e por exposições culturais, em seguida. Isso é muito interessante, visto que não são apenas os turistas que dão valor à cultura francesa.


Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Europa
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *