Obras de Aldemir Martins

A arte sempre foi uma forma de se expressar sentimentos em que não era fáceis de serem ditos. A arte sempre foi sinônimos de inovação, de criatividade, habilidade e principalmente de beleza. Todos que lerão esse texto com certeza já reconheceram uma obra de arte. Seja um artesanato simples, sejam elas bonitas ou apenas poesias, músicas e outras.

A arte pode estar presente no seu cotidiano e você nem percebe de tão comum que ela se tornou. É bem básico a forma como ela pode ser produzida, por isso ser artista se tornou muito mais simples do que se era antigamente. Os artistas eram muito bem vistos, muito ricos e bem sucedidos.

Hoje em dia, apesar de se apresentar oportunidades que não se existiam antigamente, ainda é bem complicado ser um artista de sucesso, sendo que a arte nem sempre é valorizada pelas pessoas como algo que se deve ganhar a vida fazendo.

Para muitos é somente um hobby, podendo servir até mesmo de tratamento terapêutico, principalmente para qualidade de vida e longevidade das pessoas. Há sempre estudos para entender como a qualidade de vida é construída, sabemos que a princípio uma boa noite de sono, uma alimentação boa e a realização de atividades físicas são imprescindíveis, mas há muito mais para ajudar seu psicológico a ultrapassar as barreiras da vida.

De acordo com alguns psicólogos a arte se tornou necessidade na vida das pessoas, pode ser que uma pessoa goste mais de uma forma do que outra, mas de toda maneira alguma arte sempre acaba agradando os seus olhos. Sempre temos algo que faz nossos olhos brilharem, sendo mais algo do campo da espiritualidade do que da matéria em si.

Imagem de uma Arte Feita Em Rabiscos Coloridos, em um Fundo Branco

Imagem de uma Arte Feita Em Rabiscos Coloridos, em um Fundo Branco

A arte para pessoas que não vivem dela não precisa ser bela e nem valer milhões, apenas ao atingir objetivos ela já se torna muito especial para quem a realiza, trazendo a tona sentimentos de muita felicidade. Não necessariamente precisamos criar, moldar ou fazer a arte, podemos somente apreciar e ainda sim ser algo totalmente válido para aliviar do estresse e das tensões do dia-a-dia.

Quando entramos em contato com a arte é fácil dizer que criamos uma consciência diferente da que possuímos previamente. Essa nova consciência consegue melhorar a autoestima e a autoconfiança.

História Da Arte

Já pensou em como a arte se modificou junto com a humanidade, acompanhando todo o nosso desenvolvimento e o tecnológico. Assim como nossa existência é dividida em períodos a história da arte também se divide em épocas de acordo com a cultura, civilização e o local.

A história da arte começa juntamente com a pré-história humana que pode ser trazida até os dias atuais. Durante a pré-história a única forma de coletar informações era por símbolos que eram desenhados de modo primitivos nas paredes de cavernas e em rochas. Essa técnica, chamada de rupestre  pode ser chamada tanto de arte como de primeira forma de escrita. Alguns lugares possuem mais desenhos do que outros, que permitem que diversos historiadores conheçam mais a história do período.

Durante a antiguidade muitas civilizações se destacaram na produção  artística nem diferente e bastante cultural como a arte do Egito Antigo, da Grécia, de Roma, da Mesopotâmia e Persa. Todos esses foram povos que foram berços de muitas técnicas, povos e nações que são hoje nossas influências de modo geral. São povos que além da arte, conseguiram trazer modos de fabricação, religiões e comercializar para o mundo ocidental.

Artes Históricas

Artes Históricas

Já na Idade Média, o clima da Europa era de pessimismo, de medo e muita escuridão. O clero amedrontava a maioria das pessoas, sendo épocas difíceis, as quais foram refletidas nas artes com tudo bem mais gótico, outras características marcantes do período seriam as catedrais medievais e algumas técnicas voltadas para o renascimento que trazia algumas formas de pinturas bastante parecida com aquela da antiguidade grega/romana. Dentro dessa vertente se destacou o italiano Michelangelo que possui diversas obras conhecidas mundialmente até os dias atuais.

Após o Renascimento, o barroco foi algo muito utilizado, dando ênfase no contraste entre luz e sombra, além de algumas variações chamadas de rococó. Com a chegada da Idade Moderna, as pessoas deixaram os feudos e começaram a formar cidades e se desenvolver tecnologicamente.

Juntamente a isso vinha a revolução industrial e uma lista de descobertas e invenções, além de uma alta mecanização da produção gerando muitos períodos artísticos entre os séculos XVIII e XIX. Os que mais se destacaram naquela época foi o Romantismo, o Simbolismo e o Impressionismo.

Durante o século XX o mundo foi invadido por duas guerras mundiais que mexeram com muitas culturas e atrapalhou o desenvolvimento de alguns países. Ao mesmo tempo as pessoas pareciam inconformada com a realidade em que viviam e resolveram mostrar isso através da arte, surgindo então a arte moderna, quebrando regras e sendo uma forma de protesto. Tendo alguns movimentos que foram mais marcantes como surrealismo e as vanguardas.

A arte revoluciona consegue atingir diferentes personalidades e culturas, as unindo em sentimentos pontuais que nada mais consegue.

Aldemir Martins

Brasileiro nascido no Ceará na cidade de Ingazeira no vale do Cariri. Filho do pedreiro Miguel Sucre de Souza Martins e sua mãe era Raimunda Veit da Costa Martins. Seu pai foi muito importante para algumas construções de estradas de ferro e por isso eles viajaram bastante, se estabelecendo somente quando Aldemir já tinha 30 anos.

Ele nasceu em 1922 e foi um grande artista plástico, trazendo sempre em suas obras a marca da paisagem nordestina e das pessoas que habitam por ali. Mostrando de verdade o brasileiro com técnicas próprias.

Depois de servir ao exército durante a Segunda Guerra Mundial, Aldemir se mudou para São Paulo, onde conseguiu ser reconhecido por suas obras. Mas era um espírito viajante que não parou muito tempo na cidade grande.

Sempre foi um artista que buscou inovações, conseguindo se expressar de diversas formas, conseguindo fazer arte em diversas superfícies como papéis de carta, cartões, tecidos variados e madeira.

Aldemir Martins

Aldemir Martins

Teve dezenas de obras contando mais sobre o povo brasileiro e detalhes em que eles viviam, sendo um artista por completo, conhecido por muitos, ganhando prêmios em diversos lugares por suas obras ainda em vida. Faleceu no ano de 2006 com 83 anos no Hospital São Luís em São Paulo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Arte

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • tenho um quandro de aldemir martins ,uma aquarela legitima ,
    e tenho enterese em vender .enteresados ligar 91778819

    paulo scarlate 25 de Abril de 2011 14:06 Responder
  • odiei essas obras elas são muito dificeis para reproduzir no tnt elas poderiam ter traços muito mas faceis de reproduzir e a loka da minha teacher de da escola ainda pediu pra gente fazer isso eu não tenho nada contra o artista tabom

    ana mariana 24 de Maio de 2011 14:49 Responder
    • vc nao entende nada de arte oq ta pensando maluco tu ta zuando com a cara do artista dizendo q ele nao soube pintar uma obra se liga tu vai se fuder maluco seu “cabelo de cu de mendingo”…..

      fim da linha
      otario.

      thiago miguel 27 de setembro de 2012 19:08 Responder
  • eu tenho que fazer trabalho dessa pika, axuu q vou usar a obra do passarim marelim.

    Breno 18 de agosto de 2011 22:00 Responder
  • eu tenho que fazer um trabalho de obra eu vou fazer desse passarim xxxxauuuuuuuuuuu

    barbara moura viiana 29 de setembro de 2011 10:45 Responder
  • muito legal essas obras

    cristiane de frança araujo 23 de outubro de 2012 20:55 Responder
  • eu achei as obras dele muito legais e faceis de fazer os gatos sao os mais faceis de todos eu tenho que fazer um trabalho de artes e vou pintar aquele gato azul olhando para a lua

    emilly zago 6 de outubro de 2013 17:55 Responder
  • e uma pena aldemir ter falecido eu queria ter conhecido ele

    emilly zago 6 de outubro de 2013 17:57 Responder
  • eu amo bruno do colegio inovaçao

    desconhesido 14 de outubro de 2013 15:34 Responder
  • adorei os quadro cada um mas lindo do que o outro

    camille santos 18 de Março de 2014 0:35 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *