Licenciatura em Física

Licenciatura em Física – O Que é Estudado?

Quem decide se aventurar no universo da física empreende estudos da relação que existe entre energia e matéria assim como as suas propriedades e as leis que estão por trás da sua interação. No universo de estudo do bacharel em física está a investigação dos corpos bem como os fenômenos físicos de todas as esferas indo desde as menores partículas (subatômicas) até a amplitude do cosmo.

https://www.youtube.com/watch?v=NFuy0CCLqO8

O bacharel em física ainda tem a possibilidade de se especializar em diferentes áreas de atuação como astrofísica, acústica, física nuclear entre outras tão interessantes quanto. O físico empreende os conhecimentos das leis da física em pesquisas e também para resolver questões de ordem prática do dia a dia. O trabalho na indústria inclui a criação e aperfeiçoamento de materiais, produtos e ainda de processos.

Pode se quiser atuar no segmento de física médica no desenvolvimento e criação de tecnologias como equipamentos radioativos e nucleares que são usados para realizar diagnósticos e tratamentos. Porém, o campo de atuação mais vasto em oportunidades para o bacharel em física é o ensino podendo lecionar para estudantes dos ensinos fundamental e médio, contudo, nesse caso é necessário cursar a licenciatura em física.

Física Médica – Uma Possibilidade

Já citamos a possibilidade de o físico atuar no segmento médico, se esse é o seu interesse na física atente para o fato de que já existem cursos específicos de Física Médica. Os formados nesse curso poderão atuar em áreas como medicina nuclear, radiologia diagnóstica e radioterapia.

O profissional é responsável por dimensionar os equipamentos, estabelecer procedimentos de segurança em relação ao uso de radiação (isso inclui estabelecer o tipo e o tamanho das blindagens além de calibrar as doses de radiação) e ainda fazer a supervisão e avaliação da maneira como são usados os equipamentos de imagem. Pode ser um campo bastante versátil.

Conhecendo o Mercado de Trabalho

Quem se forma em cursos de licenciatura tem certa facilidade em encontrar boas vagas de trabalho já que existe um déficit de formandos para o total de vagas abertas. A grande concentração dessas vagas está em escolas públicas e particulares além de cursinhos distribuídos pelo país. Tem muitas vagas disponíveis principalmente nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

Carreira Acadêmica e Outros Caminhos Para o Licenciado

O estudante de licenciatura em física pode ainda investir numa careira acadêmica ingressando após a sua graduação na pós-graduação. Observe ainda que os recém-formados em licenciatura são facilmente absorvidos pela indústria, instituições financeiras e ainda departamentos de tecnologia da informação de grandes empresas. Nesse sentido os bacharéis também encontram boas oportunidades.

Para se ter uma ideia mais concreta saiba que a Petrobrás contrata muitos físicos para atuar no desenvolvimento de tecnologias para extrair petróleo assim como em pesquisa. A área de física médica também tem grande demanda por físicos para atender demandas dos segmentos de radioterapia e medicina nuclear.

Existe a exigência da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) de que os institutos e clínicas de medicina nuclear mantenham um físico responsável pode controlar a dosagem assim como a proteção radiológica. Nas regiões Sul e Sudeste do país estão as principais vagas para atuar em grandes empresas assim como seguir na carreira acadêmica. A região Nordeste conta com muitas oportunidades em universidades federais.

Como é o Curso de Física?

Em seu início o curso de física conta com muito conteúdo de física básica e matemática. No segundo ano geralmente a sequência traz estudo de física avançada, eletrostática, astrofísica, termodinâmica, eletromagnetismo entre outros. Nesse ano também começam a ser feitos os experimentos práticos. Os estudantes que cursam licenciatura podem dar aulas para os ensinos fundamental e médio. No final do curso se mostra necessário apresentar uma monografia e realizar um estágio.

Habilitações

Uma questão que deve ser observada pelos estudantes que estão pensando em cursar física é o fato de que algumas instituições de ensino ofertam diferentes habilitações. Um exemplo disso é a USP- São Carlos que oferece habilitações em teórico-experimental, fotônica, física computacional e informática e óptica. A UFRGS também oferece diferentes habilitações como materiais e nanotecnologia, pesquisa básica, astrofísica e física computacional.

Tem ainda a Unicamp que oferece o curso de Física Médica e Biomédica (que faz uma combinação de conteúdos de física, medicina e biologia) além da licenciatura em Física/Química em que os alunos estudam por três anos conteúdos das duas habilitações e então escolhem aquela em que desejam atuar. Já no curso da PUCRS o foco fica em geofísica. Obviamente ao pesquisar melhor as possibilidades você descobrirá que tem muitos outros cursos interessantes de física. A duração média é de 4 anos.

Possibilidades

Acústica e Vibração – Atua no desenvolvimento de materiais isolantes e protótipos para as indústrias dos segmentos automotivo, aeroespacial e aeronáutica. Também atua na avaliação de níveis de ruídos.

Biofísica ou Física Biológica – Empreende estudos dos aspectos físicos presentes nos processos biológicos além de fazer simulações de comportamento das moléculas biológicas.

Ensino – O licenciado em física leciona para o ensino fundamental, médio ou superior e ainda desenvolve material didático.

Física Ambiental – Nessa área o estudo se concentra nas propriedades físicas da atmosfera que tem relação com as mudanças do clima além de fazer estudos a respeito da degradação do solo e do uso de radioatividade.

Física médica ou Biomédica – Nesse segmento desenvolve e faz a aplicação de instrumentos bem como de técnicas para realizar diagnóstico e terapias.

Física Nuclear – Na área nuclear os físicos atuam investigando a matéria nuclear como um todo desde sua origem, passando por sua evolução até a sua estrutura. Também realizam pesquisas quanto a aplicação da energia nuclear para produzir energia elétrica.

Instrumentação – Os físicos desse segmento atuam desenvolvendo equipamentos de precisão.

Magnetismo – Nesse segmento a força magnética é usada em diferentes aplicações como para desenvolver equipamentos de gravação de dados e sistemas que ajudem no amortecimento para a indústria automobilística.

Materiais – Os físicos desse setor trabalham desenvolvendo materiais para a indústria como, por exemplo, os polímeros e metálicos além de pensar em aplicações para a tecnologia.

Oceanografia Física – Nessa área o física faz uma análise das relações que existem entre a atmosfera, o mar e a Terra no que concerne a física.

Óptica – Os físicos que escolhem esse setor atuam desenvolvendo lentes e dispositivos como aparelhos a laser.

Pesquisa – Os pesquisadores realizam estudos, fazem testes e aplicam teorias científicas em diferentes áreas de atuação.

Se você está às voltas com as provas de vestibular, mas como um grande número de estudantes ainda está em dúvida em qual área de atuação seguir, conheça um pouco mais sobre um curso cujos profissionais formados, encontram um mercado bastante amplo de trabalho.

O Curso de Licenciatura em Física visa principalmente a formação de profissionais de educação que irão atuar em salas de aula do ensino médio. Mas o licenciado em física tem um leque bem variado de opções de atuação, com um mercado de trabalho abrangente e que cresce a cada ano no país.

Com uma formação complementar, o licenciado em física pode atuar em laboratórios e centros de pesquisa de desenvolvimento científico e tecnológico, podendo também atuar no segmento universitário nas áreas de física computacional, biofísica, astrofísica, física médica de proteção radiológica e também como docente da matéria em universidades.

Outros campos de atuação para os profissionais licenciados em física e com grandes oportunidades de crescimento são as áreas automobilística, eletroeletrônica e militar, especialmente em autuação na aeronáutica e no segmento aeroespacial.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Física
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *