Dia Nacional do Reggae – 11 de Maio

O Reggae é mais do que um estilo musical, consiste num estilo de vida para as pessoas que seguem os seus preceitos e crenças. Após 31 anos da morte de Bob Marley, um dos principais expoentes do gênero, o Brasil passou a ter o Dia Nacional do Reggae como uma forma de homenagem.

A criação desse dia especial aconteceu em 2012 e ficou estabelecido que 11 de maio (dia em que Marley faleceu) é a data oficial. O artista faleceu em 11 de maio de 1981, aos 36 anos na cidade de Miami, Estados Unidos. Os fãs brasileiros de reggae agora tem um dia para extravasar essa paixão.

O Que é o Dia Nacional do Reggae?

A criação desse dia foi feita a partir da Lei 12.630 assinada por Dilma e publicada e publicada em 14 de maio de 2012. No texto da lei o Dia Nacional do Reggae é definido como um dia em que se deve homenagear o ritmo musical que foi difundido para todo o mundo por Bob Marley. Trata-se, assim, de uma celebração em que se busca exaltar o reggae e o músico.

Pode parecer um pouco estranho que a criação dessa data, mas deve-se observar qe se trata de uma homenagem que tem caráter cultural e que visa fazer do reggae mais conhecido da população como um geral. Além disso, quem gosta desse estilo musical terá mais um dia para celebrar.

O Que é o Reggae?

O gênero musical Reggae foi criado na Jamaica no final da década de 1960 e é comum que o termo seja usado para se referir a diversos tipos de músicas da Jamaica, entretanto, o reggae se refere a um estilo musical em particular. Esse estilo teve origem a partir do desenvolvimento do rocksteady e ska.

Uma das principais características do reggae é ter uma acentuação no tempo fraco que é chamado de Skank. Na maioria dos casos o ritmo é mais rápido que o rocksteady e mais lento que o ska. Os compassos dessa música são acentuados na segunda e na quarta batida com uma guitarra que serve de base ou então para enfatizar a terceira batida.

Também é possível segurar o acordo da segunda até que o quarto tenha sido tocado. Especialmente essa terceira batida e a sua velocidade além do uso de linhas de baixo mais complexas que diferenciam o reggae do rocksteady. O principal nome desse estilo musical é Bob Marley.

A Origem do Reggae

A música reggae foi bastante influenciada pela música tradicional africana e caribenha bem como pelo rhythm and blues americano. Apesar disso a origem mais direta desse estilo musical é o desenvolvimento do ska e rocksteady que ocorreu na Jamaica durante a década de 1960.

O aparecimento do ska ocorreu entre os anos de 1959 e 1961, período em que o ritmo se desenvolveu a partir de um gênero musical anterior que era chamado de mento. O estilo musical ska logo conquistou aqueles que eram adeptos do chamado rude boy (estilo dominante na Jamaica naquela época) e também conquistou adeptos entre os mods na Grã-Bretanha a partir de 1964.

Para manter o seu estilo de durões os rude boys passaram a utilizar o ska num ritmo mais lento em suas músicas. Antes do final da década de 1960 muitos músicos já tinham aderido ao ska num andamento mais lento. Esse som mais lento passou a ser chamado de rocksteady que é o nome de um single de Alton Ellis. O rocksteady dominou até 1968 quando os andamentos das músicas ficaram ainda mais lentos e foram acrescentados mais efeitos que deram origem ao reggae.

Bob Marley

O Dia Nacional do Reggae é uma homenagem a Bob Marley que difundiu o ritmo musical em todo o mundo. Nascido como Robert Nesta Marley no dia 06 de fevereiro de 1945 em Nine Mile, Jamaica, ele faleceu em 11 de maio de 1981 em Miami, EUA, como Bob Marley.

Marley foi o mais famoso e importante guitarrista e compositor de reggae. Em geral as suas músicas falavam sobre a pobreza e a opressão. Um dos grandes feitos de Marley foi ter difundido por meio de suas músicas o movimento rastafári bem como as suas ideias de paz, igualdade social, irmandade, preservação do meio ambiente, amor universal entre outras.

Contexto

As músicas de Bob Marley tem tudo a ver com o contexto em que ele vivia na Jamaica, ou seja, os intensos conflitos sociais e as políticas da sua terra natal. Como Marley era a imagem de tudo o que era oprimido, ou seja, negro, pobre e oprimido logo passou a ser um porta-voz do povo.

Além de temas de relevância de sua terra natal, a Jamaica, Marley também falou sobre os problemas que afligiam a África como a miséria, as guerras e o domínio da Europa sobre o continente. A África é a terra sagrada do movimento rastafári e por isso esteve muito presente nas letras do músico.

A Carreira de Bob Marley

Tido como o maior astro do reggae e do Terceiro Mundo, Marley, tem muitas músicas que são conhecidas em todo o mundo como “No Woman, No Cry”, “Three Little Birds”, “Jamming”, “I Shot the Sheriff” entre outras.

O sucesso do músico é tanto que a coletânea Legend, que foi lançada três anos depois que ele havia falecido e que conta com algumas músicas da sua carreira, é o álbum de reggae que mais vendeu na história e um dos mais vendidos álbuns em geral.

Vida Pessoal

O cantor foi casado com Rita Marley de 1966 até 1981, quando faleceu, e com ela teve quatro dos seus doze filhos, dois filhos são adotados. Rita era uma das I Threes que cantavam com os Wailers, o grupo com o qual Marley chegou ao sucesso internacional.

Alguns dos filhos de Bob seguiram carreira musical dentre os quais estão Ziggy e Stephen Marley que fazem parte da banda Melody Makers e Ky-Mani Marley, Julian Marley e Damian Marley. Bob Marley foi eleito pela revista Rolling Stone como o 11° maior artista da música de todos os tempos e aqui no Brasil ele é homenageado no dia 11 de maio que agora é o Dia Nacional do Reggae.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *