E o Vento Levou (Margareth Mitchell)

Muita gente diz que as versões e adaptações feitas de alguns livros para o cinema não chegam nem aos pés das edições impressas dessas obras.

É bem verdade que o conteúdo não pode ser comparado, afinal, nos livros, o autor pode delinear bem a sua história e detalhá-la como bem entender, pois o formato permite uma grande quantidade de páginas, ao contrário do que acontece com a versão cinematográfica, que tem um tempo que podemos chamar de aceitável nos padrões de mercado, algo em torno de 120 minutos, o que exige que nas telas a obra seja bem mais enxuta.

Mas, o que não podemos deixar de perceber é que os filmes têm o poder de estimular a leitura, o que é uma boa coisa.

A obra “E o Vento Levou”, de Margareth Mitchell, é sem dúvida nenhuma uma das adaptações mais bem-sucedidas e importantes do cinema. O filme, que eternizou Clark Gable, é uma verdadeira referência, além de ter promovido as vendas do livro, que com suas quase mil páginas relata uma importante época da história americana, numa narrativa apaixonante sobre a guerra civil que abalou a aristocracia sulista.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Livros
1.538

Função: Programação e SEO
Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI)
Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG)
Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *