Tudo Sobre O Peru

O Peru é um país pertencente à América do Sul, que faz fronteira com o Equador, Brasil, Colômbia, Bolívia e Chile, além de ter seu litoral banhado pelo oceano Pacífico.

Vamos conhecer tudo sobre esse país: História, geografia, demografia, subdivisões, economia, cultura e principais pontos turísticos.

História

Existem registros de civilizações humana a mais de 10 mil anos antes de Cristo, a sociedade mais complexa conhecida que habitou o seu território foi a Civilização de Caral, sendo o berço da cultura peruana.

As sociedades andinas se basearam principalmente na agricultura, sendo baseada n princípio da reciprocidade, sem nenhuma noção de dinheiro ou mercado. A Civilização Huari é outra extremamente conhecida, que desenvolveu um modelo de Estado. No Império Inca, durante o século XV, ocorreu uma rápida expansão e desenvolvimento da sociedade.

Em 1532, Francisco Pizarro chegou ao território e derrotou o Império Inca e impôs o domínio espanhol sobre a região. Em 1542 foi criada o Vice-Reino do Peru, pela Coroa espanhola, que incluía todas as colônias da América do Sul. Em 1570 o país foi reorganizado tendo como mineração a principal atividade de trabalho. O ouro peruano alimentava as receitas da Coroa por um tempo, mas depois, no século XVIII, ocorreu um declínio da produção de prata, o que diversificou a economia do país.

José de San Martín e Simón Bolívar foram os percursores da independência no país, no início do século XIX. Nos primeiros anos de República diversas lutas assolaram o país. No ano de 1812 foi promulgada a Constituição do país, mas a sua independência foi formalmente proclamada em 1821, numa luta contra o Exército Espanhol e os nativos.

O país passou por diversos governos democráticos que foram interrompidos por golpes de estado. No ano de 1968 é imposta uma forte ditadura militar que permaneceu até o ano de 1980, quando um governo democrático assume, mas junto dele o país entra em uma crise social e econômica, que foi marcado por vários conflitos armados, principalmente com os grupos de terroristas do Sendero Luminoso e o Movimento Revolucionário Túpac Amaru. Esse período deixou no país mais de 70 mil mortos.

A crise fica ainda pior no final da década de 80, com a inflação chegando ao seu máximo no ano de 1990. Nas eleições de 1990, Alberto Fujimori assume o poder, e logo no seu primeiro ano de mandato já criar diversas políticas diferentes, sendo uma delas baseada na política de terapia de choque, implementando também diversas reformas neoliberais. Em 1992, Fujimori dissolveu o Congresso e restringiu a liberdade de imprensa, criando uma nova Constituição. Ele foi reeleito em 1995, período que o país começou a se recuperar economicamente. Em 2000 ele foi eleito novamente, porém, devido a fortes criticas ao autoritarismo e violação dos direitos humanos de seu governo, foi forçado a renunciar.

Após o regime Fujimori o país entrou em uma forte onda de corrupção, mas, tem mantido um crescimento econômico. O seu presidente eleito atual é Pedro Pablo Kuczynski, que tomou posse no dia 28 de agosto do ano de 2016.

Geografia

Possui uma extensão territorial de 1.285.216 quilômetros quadrados. Ele é geograficamente dividido em três regiões principais: a região das montanhas dos Andes, a parte litorânea e a selva. A região das montanhas dos Andes é uma área árida e deserta, já a parte do litoral fica no oeste e é composta por uma planície estreita, a parte de selva é uma extensa região de planícies cobertas pela floresta Amazônica, essa última cobre quase que 60% da região do país.

O país conta com uma variação de clima dependendo da região, sendo que no litoral a temperatura é mais moderada, e partindo para o norte é mais quente e úmida. A parte da serra possui temperatura temperada com chuvas frequentes no verão.

O país é biodiverso, possuindo mais de 21.462 espécies de animais e plantas, sendo 5.855 endêmicas (só existem no país).

Geografia do Peru

Geografia do Peru

Demografia

O país é multiétnico, havendo contribuição indígena, europeia e africana, além disso, há grande população chinesa, que foram o país após a abolição da escravatura para trabalhar. Não há censos recentes sobre a classificação étnica do país, mas, uma pesquisa realizada em 2006 pelo Instituto Nacional de Estadística e informática, avaliou como a população se classificava, obtendo as seguintes porcentagens:

  • Mestiça (59,5%);
  • Quíchua (22,7%);
  • Branco (4,9%);
  • Aymara (2,7%);
  • Amazônicos (1,8%)
  • Negro e pardo (1,6%);
  • Outras (6,7%).

O país tem 32,17 milhões de habitantes (2017), sendo o quinto mais populoso do América do Sul. A maioria da população vive em áreas urbanas, parte dela vive nas áreas rurais e há também tribos indígenas, sendo 15 delas isoladas. O espanhol é o idioma mais usado no país, mas grande parte da população também outras línguas nativas, como o quíchua.

A maioria da população do país é cristã, sendo mais dividido entre católicos e evangélicos. O governo do país está muito ligado à igreja Católica, havendo reconhecimento para a mesma até na Constituição do país, como “um elemento importante no desenvolvimento histórico, cultural e moral da nação”.

Subdivisões

O país possui 25 regiões e a província de Lima. Cada uma delas conta com um governo próprio composto por um presidente e um conselho. Confira todas as regiões abaixo:

  • Amazonas;
  • Ancash;
  • Apurímac;
  • Arequipa;
  • Ayacucho;
  • Cajamarca;
  • Callao;
  • Cusco;
  • Huancavelica;
  • Huánuco;
  • Ica;
  • Junín;
  • La Libertad;
  • Lambayeque;
  • Lima;
  • Loreto;
  • Madre de Dios;
  • Moquegua;
  • Pasco;
  • Piura;
  • Puno;
  • San Martín;
  • Tacna;
  • Tumbes.

Economia

No ano de 2015 o Peru era o segundo maior produtor do mundo de prato, o terceiro produtor de cobre e zinco e o sexto de ouro. Apesar disso, o país é pouco industrializado, mas sua economia vem crescendo, e seu índice de Desenvolvimento Humano cresceu a partir de 2000. O país depende muito de suas exportações, o que faz sofrer economicamente quando os preços caem.

A maior parte da receita do país vem de serviços, seguida por indústria transformadora, indústria de extração e impostos.

Em relação à população, cerca de 30% é pobre e 11% se encaixa em extremamente pobre. Cerca de 18% das crianças menores de cinco anos de idade sofrem de desnutrição.

Cultura

A cultura do peru possui uma mistura entre as tradições indígenas e espanholas, além da influência dos grupos de outros europeus, africanos e asiáticos.

Nas artes destacam-se a cerâmica, esculturas, joias e produtos têxteis. A arte barroca tem uma presença forte no país, derivada do período colonial.

A culinária do país combina também as cozinhas de diversas culturas, sendo os pratos mais famosos os ceviches, anticuchos e pachamancas, sendo extremamente elogiada ao redor do mundo, fazendo uso de produtos como peixes, frutos do mar, batata, milho, arroz e carnes.

A literatura do Peru tem suas raízes com as civilizações pré-colombianas devido a tradição oral, a escrita veio junto dos espanhóis. O romantismo e o costumbrismo são gêneros literários de grande sucesso no país. O indigenismo no início do século XX marca também a literatura peruana. Alguns autores de sucesso são: Ricardo Palma, Ciro Alegría, César Vallejo e Mario Vargas Llosa.

A música tem raiz nas culturas espanholas, andinas e africanas. Os instrumentos vindos dos andinos são a quena e a tinya, já os espanhóis mostraram ao país a harpa e a guitarra. Além desses instrumentos há também o charango, o cajón. Na parte das danças destacam-se o huaino, zamacueca, tondero e marinera.

A arquitetura em seu território é diversa, passando por construções herdadas do Império Inca para as da época colonial. Possui várias construções famosas que demonstram diversos períodos da arquitetura, como: Machu Picchu, a Catedral de Cuzco, a Basílica Menor e Convento de São Francisco, o Grande, a Universidade Nacional de San Antonio Abad de Cusco, Plaza San Martin, dentre outros.

Principais Pontos Turísticos

Após conhecer diversas características desse país, vamos conhecer os seus pontos mais visitados pelos turistas:

Arequipa e Vale do Colca

Arequipa é também chamada de “Cidade Branca”, possuindo um centro histórico reconhecido como Patrimônio da Humanidade, pelos seus belos edifícios construídos no período colonial, em cantaria branca.

Arequipa

Arequipa

Ao redor da cidade há belas paisagens, sendo a partir de ela possível visitar o Vale do Colca, que consiste em reservas naturais protegidas pelo estado peruano, sendo as mais conhecidas a Aguada Blanca, a Reserva Nacional de Salinas e a Reserva do Santuário Nacional Lagunas de Mejia.

Cusco e Machu Picchu

Cusco é chamada de “Capital Arqueológica da América”, sendo ela o maior ponto turístico do Peru. Ela foi a maior cidade do Império Inca, e foi a primeira conquista dos espanhóis no país, por isso, hoje possui uma arquitetura e cultura misturando os dois povos.

Machu Picchu é um dos lugares mais conhecidos do Peru. É uma antiga cidade sagrada do Império Inca, que nunca foi descoberta pelos conquistadores (e por isso, se manteve preservada). Ela foi descoberta em 1911, e a partir de então, se tornou um ponto extremamente visitado do país. Para chegar até ela, é possível pegar a Trilha Inca e fazer uma caminhada longo, porém, cheia de belezas naturais. Ela é considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Machu Picchu

Machu Picchu

Puno e o Lago Titicaca

Puno se encontra nas alturas dos Andes, e é através dessa cidade que consegue ter acesso ao lago Titicaca. O lago é o mais alto do mundo, e nele existem algumas ilhas onde se vivem pequenas comunidades com uma cultura extremamente diferente e rica.

Puno é considerada a capital do folclore do Peru, é nela que ocorre a festa da Virgem de Candelária, uma das mais tradicionais da cidade e do país.

Lago Titicaca

Lago Titicaca

Lima

Não dá para conhecer o Peru sem conhecer sua capital, uma grande metrópole. Ela é perfeita para quem está viajando ao país interessado principalmente pela sua famosa gastronomia. Possui um belo centro histórico, diversos museus e sítios arqueológicos espalhados por toda a cidade.

Para quem quer vivenciar diversas camadas da vida no Peru é uma cidade perfeita, oferece espetáculos, casas de jogos, cassinos, festas culturais, shoppings, lojas de artesanato, praias, além disso, também pode ser o ponto de acesso a outras cidades do país.

Nazca

Nazca é um lugar bem misterioso e místico, onde em meio ao seu deserto existem diversas figuras com linhas enormes, feitas com uma perfeição incrível, e que vistas do céu podem ser reconhecidas por toda a sua magnitude. Não se sabe ao certo qual civilização antiga peruana criou tais desenhos.

Ao redor de Nazca há um complexo arqueológico formado por Cahuachi, Chauchilla, Estaquería, Cantayoc e Geoglifos de Palpa.

Nazca

Nazca

Paracas e as Ilhas Ballestas

Perfeito para os amantes da natureza, a Reserva Nacional de Paracas e as Ilhas Ballestas são pontos inesquecíveis. Oferece atrativo histórico e cultural, e toda a beleza das praias do Peru. Perfeita para quem quer um descanso da correria do dia a dia, ou também praticar esportes aquáticos.

Ilhas Ballestas

Ilhas Ballestas

Reserva Nacional de Tambopata

Localizada entre as bacias dos rios Tambopata e Madre de Dios, possui mais de 270 mil hectares.

Tem uma biodiversidade extremamente rica, com mais de 1200 espécies de borboletas, 632 espécies de aves, 205 espécies de peixes, 169 espécies de mamíferos, 103 espécies de anfíbios e 67 espécies de répteis. Possui as paisagens mais incríveis da selva do Peru.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Curiosidades

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *