Antropologia Biológica

A Antropologia Biológica é também chamada de Antropologia Física e se caracteriza pelo estudo antropológico do comportamento humano por meio da observação do próprio ser humano assim como de evidências de comportamentos e biologia de seus ancestrais, sejam eles hominídeos ou não.

Os estudos promovidos por essa ciência se concentram na observação da origem, evolução e alterações físicas que ocorreram no decorrer da linha do tempo. Existe forte ligação entre as observações antropológicas biológicas e a cultura.

Como Surgiu a Antropologia Biológica?

O século XIX foi palco de importantes acontecimentos como a descoberta de fósseis de Neandertais e a publicação do livro ‘A Origem das Espécies’ de Charles Darwin no ano de 1859. Foi nesse ambiente que teve início o começo das dúvidas acerca do papel divino na origem do homem. Os cientistas passaram então a demonstrar mais interesse na investigação das origens humanas e com isso se estabeleceu o ramo de estudos da Antropologia Biológica.

Subdisciplinas da Antropologia Biológica

Sendo uma ciência complexa é fácil entender porque a Antropologia Biológica está dividida em subdisciplinas. Dentre os ramos de estudos estão: Antropometria, Paleoantropologia, Primatologia, Osteologia, Paleopatologia e Genética. As práticas desse campo podem se dar tanto em restos esqueletais como em pessoas vivas.

Conhecendo as Subdisciplinas da Antropologia Biológica

Antropometria

Consiste na observação das medidas de partes do corpo humano com finalidade comparativa entre os diferentes povos. Ressaltamos que atualmente essa área de estudo é vista como uma pseudociência no que diz respeito a determinar características de comportamento de um povo através de medidas encefálicas. Os procedimentos da Antropometria são bastante utilizados na antropologia forense com finalidade de determinar a identidade de indivíduos.

Paleoantropologia

Estudo que visa compreender a evolução do ser humano por meio da avaliação de fósseis de hominídeos determinando assim por meio de mudanças físicas suas adaptações comportamentais ao longo do tempo.

Primatologia

Campo que promove estudos a respeito dos comportamentos adotados por primatas não-humanos com o objetivo de encontrar ligações com o comportamento humano. Dentre os aspectos que são observados estão: comunicação, sociabilidade, comportamento reprodutivo e cuidado parental.

Osteologia

Consiste no estudo do esqueleto humano podendo ter como objeto de estudo ossaturas recentes e fósseis. Através desse estudo é possível determinar o padrão de estatura de uma população assim como os seus padrões de crescimento.

Paleopatologia

Uma disciplina que está inserida dentro do campo de estudo da Osteologia e que tem o objetivo de investigar traumas físicos, incidência de enfermidades e até mesmo deficiências da dieta nutricional desses povos.

Genética

A relevância dos estudos de genética dentro da Antropologia Biológica está na possibilidade que esse campo abre para entender a distância evolutiva dos primatas (incluindo os hominídeos) até o homem atual. É possível observar as mudanças que ocorreram ao longo do tempo encontrando explicações para o surgimento do ser humano.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Antropologia

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *