Obras de Edward Hopper

Nascido em 22 de julho de 1882, em Nyack, Edward Hopper entrou para a lista dos importantes norte-americanos na arte. Ele foi um grande pintor, ilustrador e artista gráfico, que viveu até 15 de maior de 1967, vindo a falecer na sua cidade natal.

Obras de Edward Hopper

Obras de Edward Hopper

As suas pinturas ficaram famosas por serem consideradas “misteriosas”. Todas elas faziam uma representação real da solidão da era contemporânea. Em cenários rurais e urbanos, as obras do pintor refletiam a visão pessoal dele da vida moderna norte-americana.

Biografia de Edward Hopper

A cidade onde Edward nasceu fica no estado de New York e foi lá também que ele estudou pintura, ilustração e design gráfico. Entre os seus professorses, Robert Henri, que foi um grande incentivador para que o Hopper usasse a sua arte para “fazer um movimento no mundo”.

Robert Henri influenciou muito a carreira de Edward Hopper e de outros estudantes. O professor pedia aos estudantes que fizessem descrições reais da vida urbana dos Estados Unidos. Graças a essa influência, muitos que passaram pela sala de aula de Henri, tornaram-se grandes artistas. Todos passaram a ser conhecidos como ex-alunos da “Escola Ashcan”, uma referência para destacar o talento de cada um deles.

Depois de terminar os estudos, Edward Hopper foi à Europa em três oportunidades. Em todas elas, estava em busca de estudar como era a vida emergente da arte da Europa. Porém, não seguiu a linha de seus companheiros que tentavam imitar a arte abstrata do cubismo que viam por lá. Preferiu seguir a linha dos pintores realistas.

Por muitos anos trabalhou como artista comercial e não deixou jamais de pintar.

A Obra “Casa ao Lado da Ferrovia” Marca Nova Fase

No ano de 1925, para os historiadores, foi marcado pela maturidade artística de Hopper, cuja obra que representa essa nova fase é “Casa ao lado da ferrovia”.

Essa obra é a primeira entre outras que viriam retratamento a cena rural e urbana com formas largas e linhas finas, usando uma iluminação pouco comum para retratar a solidão. Solidão essa que era forte característica das suas obras.

Nas suas obras podemos ver situações simples do cotidiano norte-americano, como uma rua vazia, hotéis, postos de gasolina e ferrovia.

O artista seguiu com as suas pinturas até envelhecer e passava uma parte do tempo em New York e outra na cidade de Massachusetts, Truro. Ele faleceu em 1967 no seu estúdio na cidade de New York. A esposa do artista, também era pintora e faleceu 10 meses depois do marido, mas antes tinha feito uma doação com todas as obras dele para o Whitney Museum of American Art.

Existem algumas obras de Edward Hopper que podem ser vistas no Instituto de Arte de Chicago e outras no Museu de Arte Moderna de New York.

Sobre as Pinturas de Edward Hopper

Através da subjetividade o artista conseguiu retratar a solidão urbana e colocando o homem com a figura estagnada e observador, resumindo-se em uma obra realista imaginativa.

Na sua obra percebe-se a influência forte que Hopper teve de Bergson, que nas suas telas buscava compreender o homem de forma subjetividade, assim como os problemas que carregava.

Como tema, as pinturas de Hopper se resume em paisagens que são desertas, urbanas, iluminadas por uma estranha luz e melancólicas. Através da representação de um edifício, por exemplo, ele busca despertar um silêncio perturbador, uma cena inquietante, pois é tudo muito grande e vazio.

Outras temas podem ser identificados, como vazio, solidão, estagnação da vida humana, desolação, todos representados por figuras anônimas sem nenhuma comunicação. São pinturas que chamam para o reservado, para o silêncio, cujo tratamento é suave e podem impactar o psicológico.

Não é errado dizer que as pinturas de Hopper são semelhantes a pintura metafísica.

Obras de Edward Hopper

A pintura de Edward Hopper mais conhecida é “Aves da Noite”, foi feita em 1942 e retrata clientes sentados perto de um balcão de um restaurante. Fora do restaurante se observa um jogo de luz “severo” numa noite calma. Os clientes retratados na obra parecem isolados ou “detestáveis”, como preferem dizer os estudiosos de arte.

Outra pintura que merece destaque é “Gasolina” feita em 1940, que retrata algumas cenas rurais captadas em Nova Inglaterra. Essa obra no que diz respeito ao tema pode ser comparada a arte contemporânea de Norman Rockwell. Porém, Rockwell destacou-se por conta das imagens que remetiam as pequenas cidades dod Estados Unidos. Enquanto, Hopper mostra a cidade como um lugar cuja sensação principal é a solidão, aquela de sentir-se abandonado.

Nessa obra, “Gasolina”, podemos observar que o pintor busca explorar qualquer espaço vazio, cujo posto de gasolina está perdido em meio ao nada em uma estrada rural, que por sua vez está vazia. Ele faz um contraste entre luz natural do céua e forma e para equilibrar insere uma exuberante floresta. A luz artificial sai do posto de gasolina e ilumina a tela.

Algumas das Principais Obras do Artista

  • Bridge in Paris, Le Pont des Arts, Painter and Model, Les lavoirs à Pont Royal, The El Station. Todas essas obras podem ser vistas no Whitney Museum of American Art.

  • He Mansard Roof pode ser vista no Brooklyn Museum.

  • A gravura The Locomotive pode ser vista no Hirschl&Adler.

  • House by the Railroad pode ser vista no Museum of Modern Artificial.

  • Sunday pertence a coleção de Phillips Collection Washington.

  • Drug Store pode ser vista no Museum of Fine Arts, em Boston.

  • Lighthouse pode ser vista no Dallas Museum of Art.

  • Coast Guard Station pode ser vista no Montclair Art Museum.

  • Automat pode ser vista no Des Moines Art Center.

  • The City pode ser vista no University of Arizona Museum of Art.

  • Night Windows pode ser vista no Museum of Modern Art.

  • Manhattan Bridge Loop pode ser vista na Addison Gallery of American Art.

  • From Williamsburg Bridge pode ser vista no Metropolitan Museum of Art.

  • Railroad Sunset pode ser vista no Whitney Museum of American Art.

  • The Lighthouse at Two Lights pode ser vista no Metropolitan Museum of Art.

Além de ter sido um grande pintor, Edward Hopper foi também um excelente aluno e ótimo professor, estudando com outros artistas renomados e logo após dando aula para pessoas que vieram a se destacar bastante no mundo da arte. Edward Hopper viveu entre os anos de 1882 e 1967, participando dos movimentos estéticos conhecidos como Realismo e Modernismo.

Das obras de Hopper podemos citar quatro muito importantes: Automat em 1927, Chop Suey em 1929, Nighthawks em 1942 e Office in a Small City em 1953. Dentre todas as pinturas, Nighthawks (ou Aves da Noite em portugês) foi considerada a melhor. Veja agora mesmo fotos de algumas das obras de Edward Hopper:


Categoria(s) do artigo:
Arte
1.535
http://www.prosperaweb.com.br/

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *