Cultura Romana

A Cultura Romana, da mesma forma que a Cultura Grega, teve grande influência no desenvolvimento da humanidade em áreas diversas como a literatura, arquitetura e artes. Conhecer mais a fundo como era a vida cultural dos romanos é conhecer o berço da humanidade nos mais variados segmentos. Para se ter uma ideia foram os romanos que desenvolveram o Latim, língua de extrema relevância que deu origem a outros idiomas como o Italiano, Português, Francês e Espanhol.

Embora as conquistas territoriais e políticas da Roma Antiga sejam até hoje lembradas e exaltadas é bastante interessante viajar pela interessante cultura dos romanos. Continue lendo e descubra algumas particularidades que dizem respeito à Cultura Romana.

Período da Cultura Romana Antiga

A civilização da Roma Antiga se prolongou por cerca de 1.200 anos percorrendo a etapa da monarquia, da república e do Império Romano que no seu ápice cobriu uma área gigantesca que ia das planícies da Escócia aos Marrocos. O período de república teve início assim que a monarquia caiu em cerca de 509 a.C. Ao contrário do que pode parecer ao observar a extensão do território desse império os romanos tinham um estilo de vida bastante simples alimentando-se daquilo que cultivavam.

Um dos bens mais sagrados nessa estrutura social era a família sendo que seu chefe (chamado de pater famílias) possuía poder ilimitado sobre a sua esposa, filhos, bens e escravos. Para a sociedade os mais velhos eram os exemplos e havia grande valorização de virtudes como disciplina e modéstia. Era uma sociedade com fortes traços hierárquicos. A República Romana foi bastante marcada pela luta que se constituiu entre os patrícios que eram aristocratas donos de terras.

Roma – De Pequena Cidade a Grande Nação

Quando Roma foi fundada não passava de uma pequena cidade, no entanto, com o decorrer do tempo se tornou um dos maiores impérios de que se tem conhecimento. Sua criação se deu através da combinação de três povos imigrantes, os italiotas, os gregos e os etruscos. Esses povos basearam a economia em atividades de agricultura e pecuária e para a administração do local desenvolveram um sistema de governo que foi denominado de monarquia em que um nobre era o governante.

Religião Romana

A religião tradicional da Roma Antiga não tinha espaço para dogmas sendo bastante prática e focada no imediato. Os cultos mais comuns dessa religião incluíam os antepassados e alguns deuses públicos. Também acreditavam na crença de auspícios e prodígios que se configuravam nas manifestações da natureza. A partir das conquistas romanas no Oriente Próximo e no território grego se teve maior abertura para as divindades orientais como Serápis, Mitra e Isis.

Os deuses que tinham origem greco-romana como Júpiter, Minerva e Juno acabaram em algum momento sendo desacreditados. Houve ainda uma parcela significativa do povo romano que aderiu a uma religião conhecida como Mitraísmo – que tem origem persa – e se concentra no culto com o sol com representação de um touro. Todas essas religiões foram deixadas de lado pelo Cristianismo, contudo, seu domínio somente se deu verdadeiramente no final do século IV d.C.

Arte Romana

Na história de Roma se observa que houve aperfeiçoamento de quase tudo o que se absorveu de outras culturas, no entanto, no que diz respeito a arte é inegável a presença de cópia e pouca originalidade. Nos primeiros anos é facilmente identificada a influência dos etruscos e de colônias gregas que compunham a Magna Grécia. Na etapa histórica seguinte foi marcada pela forte influência helenística.

Arquitetura Romana – Arcos

Uma das principais contribuições artísticas dos romanos diz respeito a arquitetura, o desenvolvimento de formas de arco em construções que permitiu chegar a uma complexidade construtiva mais elevada que a dos gregos. A técnica do arco para construções permitiu que fossem erguidos aquedutos, teatros, casas de espetáculo entre outros.

Escultura Romana

Um dos temas mais recorrentes nas esculturas romanas é o dos homens que ajudaram a construir esse império antigo. As figuras públicas eram amplamente representadas no estatuário romano como uma maneira de manter a memória da nação a respeito de quem contribuiu para a sua força.

Direito Romano

O desenvolvimento do direito foi de grande relevância para o Império Romano pelo fato de ser uma nação com amplas demandas especialmente por ser composta por diferentes povos. A partir das disposições do direito era possível resolver conflitos variados tornando o convívio mais tranquilo entre os indivíduos. O escopo do direito romano contemplava questões mais complexas do que aquelas abordadas pelos gregos, houve a divisão do direito aplicado ao público e do direito aplicado ao privado.

Basicamente o direito romano pode ser dividido em três áreas:

  • Jus Civile ou Jus Quiritum: Direito voltado aos cidadãos romanos;
  • Jus Gentium: Direito que contemplava todos os povos;
  • Jus Naturale: Regras impostas pela natureza que regiam todos os seres vivos.

Literatura Romana

O campo da Cultura Romana que mais se destaca certamente é a literatura que contou com grandes nomes em áreas como da filosofia, política e judiciária. Dentre os autores filosóficos se tornaram reconhecidos por seu trabalho ao longo da história Plínio, Marco Aurélio e Sêneca. Já na poesia são mais conhecidos Ovídio, Juvenal, Virgílio, Horácio e Marcial.

Nos registros históricos os nomes a ganharem mais destaque foram: Tácito, Tito Lívio, Suetônio, Salústio e Políbio. Durante o Baixo Império houve dois escritores cristãos de destaque: Santo Agostinho e São Jerônimo.

Vestimentas Romanas

Os romanos usavam como vestimenta uma túnica embaixo de uma toga, essa parte da roupa era muito volumosa e tornava possível que se identificasse a que grupo social um indivíduo pertencia pelas formas e cores da peça. Plebeus, soldados e escravos usavam somente uma túnica cobrindo o corpo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Europa
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • não foi o q eu procurava

    deivid souza dos santos 16 de Março de 2012 17:45 Responder
  • q chato nao foi q eu procurei

    marclo 25 de Abril de 2013 16:06 Responder
  • vennho pra fazer uma coisa a gente nao acha entao coloca as coisas mais facil da gente achar

    jeferson henrique da silva 11 de junho de 2013 13:35 Responder
  • eu gostei do site mas, não era bem o que eu procurava

    Nomegustavo 2 de setembro de 2013 21:59 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *