Livros Psicologia

A Psicologia é aquela ciência que se compromete a estudar o comportamento do ser humano e seus processos de pensamento. Ou melhor, a Psicologia analisa tudo o que traz motivação ao comportamento humano, o que o finaliza e o sustenta, e ainda seus processos mentais, passando pela emoção, sensação, percepção, inteligência e aprendizagem.

A etimologia do termo Psicologia é composta de Psique (alma) e Logos (conhecimento ou razão), e se mistura à Filosofia até final do século 19. Platão, Sócrates, e Aristóteles deram início a tudo na investigação instigante da alma do ser humano: para Sócrates a característica principal do homem era a razão, fator que admitiria ao ser humano a possibilidade de ser um animal racional.

Platão, que fora aluno de Sócrates, completa que o centro da razão no organismo era a cabeça, concebendo de forma física a psique, e a medula atua como ligação entre o corpo e a mente. No caso de Aristóteles, aluno de Platão, entendia mente e corpo de maneira unificada, e entendia a psique como o início completo da existência. No decorrer da “era cristã”, quando todo o entendimento era feito e guardado a 07 sete chaves pela Igreja, São Tomas de Aquino e Santo Agostinho partem das ideias de Aristóteles e Platão.

Fato é que em meados do século 19, os alunos da época decidem distanciar a Psicologia da Fisiologia e da Filosofia, originando o que se tornaria a Psicologia Moderna. A observação comportamental passa ser parte da investigação científica nos laboratórios, com o foco de promover o controle do comportamento do homem.

Nessa vertente, os pensadores observam suas ações na busca de construir uma teoria consistente, procurando o reconhecimento da Psicologia enquanto ciência. Neste panorama de investigação surgem 03 correntes: o Estruturalismo, o Funcionalismo, e o Associacionismo.

Correntes da Psicologia

O Funcionalismo teve sua elaboração feita por William James que se preocupou em demasia com a consciência: como acontece seu funcionamento e como o ser humano a usa para habituar-se ao meio.

Já no Estruturalismo de Edward Titchener se preocupava também com a consciência, porém com sua forma estrutural: entendiam a consciência e seus mais elementares estados como, por exemplo, as estruturas constantes no Sistema Nervoso Central.

No caso do Associacionismo que veio à tona por Edward Thorndike, sua ideia era a de que o aprendizado do ser humano se dá a partir da associação de ideias, partindo da mais básica até chegar aquela de maior complexidade. No começo do século XX, aparecem mais correntes, que deram origem a uma variedade de correntes psicológicas, tais como:

Gestaltismo: surgido na Alemanha, Europa, com Köhler, Wertheimer,  e Koffka, entre os anos de 1910 e 1912, promove a negação da separação das ações e processos humanos, exigindo a necessidade de se entender o ser humano num todo, trazendo de volta as relações da Filosofia com a Psicologia.

Behaviorismo: surgido nos Estados Unidos com John Watson, tece reconhecimento através da teoria S-R, que entende que a cada resposta de comportamento há uma forma de estimulação.
Psicanálise: esta foi formulada por Sigmund Freud e restaura o valor da afetividade e tem como meta a observação do inconsciente.

Livros Para Entender Melhor a Psicologia

Atualmente, os estudos concebidos pela Psicologia e a capacidade e complexidade de mudança do ser humano, culminaram por aumentar em larga escala seu espaço de atuação. E para entender melhor todo esse processo de desenvolvimento da Psicologia, nada melhor que livros, por isso, veja abaixo uma lista deles:

Violência e Abuso (Teresa Magalhães): Tem como foco oferecer resposta, de uma forma simplificada, a frequentes dúvidas sobre o assunto em tela, colaborando na criação de uma sensibilização maior e atenção para a existência destes problemas.

Psicologia do Envelhecimento e do Idoso (Barros de Oliveira): Esta publicação visa, a partir do aspecto psicológico, abarcar inúmeras abordagens do envelhecimento, dando ênfase à do desenvolvimento.
Crianças Índigo e Cristal (Tereza Guerra): Este livro tenciona dar notoriedade ao fato de haver estas novas crianças, e procurar entender qual o papel delas no mundo e ainda quais são suas características principais.

Manual de Investigação em Ciências Sociais (Raymond Quivy, Luc Van Campenhoudt): Este livro responde a todas estas perguntas com o auxílio de exemplos concretos, orientá-lo-á eficazmente na decomposição das étapas da sua investigação.

Ética Para Psicólogos (Ronald D. Francis): Oferece primeiramente um panorama de  referência transacional e, após, apresenta de que forma os enfrentamentos éticos podem ser resolvidos e abordados usando o diagnóstico de termos chave e uma árvore decisiva.
Uma Luz no Meio de Nós (Pedro Strecht): Desde os primeiros anos de existência a morte já é sentida emocionalmente. A maneira  como os adolescentes e as crianças organizam o conceito de morte está ligado às fases do desenvolvimento cognitivo e emocional.

Guia Prático da Inteligência Emocional (Travis Bradberry, Jean Greaves): Esta publicação nos ensina que entender e utilizar inteligência emocional pode se tornar a resposta para realizarmos e superarmos nossos objetivos, usando completamente nosso potencial.

O Teu Pequeno Nome (Pedro Strecht): Traz a abordagens de questões ligadas ao desenvolvimento afetivo das crianças no decorrer da gestação até chegar ao 1º ano de vida.

Aprenda a Ser Feliz (Tal Ben-Shahar): O autor aponta como é possível ajustar a felicidade do prazer, a curto-prazo, à felicidade a longo prazo, que pode ser resumida como sendo a definição que damos à nossa existência.

A Memória e a Linguagem (Christiane Kekenbosch): O livro traz explicações das teorias contemporâneas relacionadas às estruturas, os processos de tratamento, aquisição, e de recobramento da informação de ordem linguística que está abrigada em nosso psiquismo.

Saúde Mental (Ana Melo, Paulo Moreira, Adriana Lima, Célia Pires, e Lorena Crusellas): Esta obra traz uma reflexão quanto às questões ligadas à saúde da mente do povo português e se explora questões que provocam as práticas atuais do sistema de saúde português.

Elementos de Psicologia Social (Patricia Rossi, Marie-Pierre Cazals-Ferré): Traz o desenvolvimento das considerações principais da Psicologia (estatuto, valores, papel, representações, atitude, categorização social, comunicação, controle e ainda situações de dinâmica de grupo).

Mulheres que amam demais (Robin Norwood): Aponta as razões do padrão de destruição que leva a fracassados relacionamentos e fornece formas de orientação para que se tenha capacidade de redescobrir a autoconfiança e assim constituir uma relação de maneira saudável, duradoura e feliz.

A Psicologia representa uma das áreas de conhecimento humano com maior amplitude de publicações acadêmicas. Existe muito material no mundo online e off-line, com inúmeros assuntos e enfoques direcionados para interessados ou especialistas. Quem almeja comprar algum livro diretamente de livraria pode consultar a qualidade do mesmo virtualmente. Conheça algumas dicas:

  • Psicologia e Literatura: O trabalho de Dante Moreira Leite está direcionado para Psicologia aplicada ao público infantil. Este autor almeja gerar métodos que criam mais significados às crianças em narrativas de contos infantis.
  • Dicionário Técnico de Psicologia: Os autores Álvaro Cabral e Eva Nick transcrevem explicações sobre termos e conceitos utilizados neste tipo de leitura. Os jargões de autores dos últimos séculos estão presentes com maior amplitude nessa obra. Pode servir também como dicionário de sinônimos para fatos sociais.
  • História da Psicologia no Brasil: Marina Massimi e Maria do Carmo Guedes organizaram grande trabalho que explicita toda origem desta matéria nos solos nacionais. Contém leitura bastante agradável em nível acadêmico.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Livros
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *