Cultura Chinesa

A China é o país mais populoso do mundo, somando 1,38 bilhão de habitantes, o que representa quase um quinto de toda a população da terra. É também o terceiro maior país do mundo em área terrestre. A sua civilização está entre as quatro mais antigas do mundo, e o país possui uma história rica, sendo a sua cultura bastante diversificada, vamos conhecer um pouco mais sobre a cultura tão rica desse país milenar.

Escrita e Idioma

O idioma oficial do país é o Mandarim, que teoricamente é falado em todos país e em países vizinhos como Taiwan e Singapura. A segunda língua mais utilizada é o cantonês, que é utilizado em todo o sudeste do país. Além desses dois idiomas, existem outros como o xangainês, dialetos min, jin, xiang, kejia, gan, o Hakka, entre outros.

A escrita da China é uma arte tradicional do país, com mais de três mil anos de história. É uma tradição milenar e esta enraizada na cultura do país, para que consiga escrever os caracteres, chamados de pictogramas e ideogramas, é necessário uma grande concentração, e para entende-los (nós que não nascemos do país), precisamos de um estudo árduo. Não há somente um tipo de “alfabeto” como nos outros países, a escrita lá é dividida em cinco categorias, sendo elas  selo, oficial, formal, corrida e cursiva, cada uma desses tipos de escrita irá refletir um momento histórico e político chinês, com isso conseguimos ver como a escrita é uma base importante da cultura da China. Diferente dos alfabetos que conhecemos, esses caracteres representam conceitos, e não sons (como o som de A por exemplo).

Gastronomia

A culinária chinesa hoje é muito difundida ao redor do mundo, ela é rica em cores e sabores, e pra nós ocidentais, alguns pratos podem ser considerados bem exóticos, que é por exemplo o hábito de comer carne de cachorro, escorpião, barbatanas de tubarão ou cobras e gafanhotos. Os pratos geralmente são feitos com peixes ou frutos do mar, arroz, e temperos fortes, como alho poró, gengibre e pimenta. Destacam-se pelas cores e aromas chamativos. Outro grande destaque da culinária são as frituras e as massas. Como o país é bastante extenso, a culinária varia de acordo com a região e os mantimentos disponíveis para aquela região. Alguns dos pratos típicos do país são: Caranguejo cozido no vapor, Zong zi (arroz cozido na folha de cana, com bastante tempero e molho de soja, com uma textura pastosa), Song Shu Gui Yu (peixe frito com o sabor ao mesmo tempo doce e azedo, tendo a sua pele bem sequinha), Mapo Tofu (queijo ou tofu com molho de carne moída e iguarias), Qing Tang Yu Wan (sopa com bolinho de peixe e ingredientes como broto de bambu, cogumelos e outros), Ovo de “mil anos” (ovo conservado em uma mistura de palha, que adquiri uma aparência de envelhecido), Bolinho de arroz recheado, Chun Juan (o famoso rolinho primavera, mas que no país é feito com vegetais da época e servido com molho agridoce), esses são apenas alguns pratos servidos no país tendo além deles uma enorme variedade na culinária. Um outro destaque é o chá, que foi inventado no pais, e que é consumido diariamente por todos.

Arquitetura

Um ponto de destaque no país é a arquitetura, qualquer um que visitar o país irá se apaixonar pelo estilo e formas dos grandes palácios e templos ali construídos. Com cores vivas, formas retangulares e telhados arredondados, a maioria dos prédios se destacam e impressionam. Todos tem a proposta de se integrar a natureza. Alguns locais como O Templo do Buda de Jade em Xangai, O Mausoléu de Mao Tse Tung e a Cidade Proibida em Pequim, O Templo do Céu em Pequim, Os Jardins de Yuyuan em Xangai, são construções que merecem destaque pela beleza inigualável. Além disso no país existe a maior construção do mundo, a Muralha da China, que tem de extensão vinte e um mil e cento e noventa e seis quilômetros.

Religião

A China é um país ateu em sua maioria, porém uma parcela da população pratica algumas religiões, sendo as mais comuns o O taoismo e confucionismo, assim como o budismo que é praticado por uma parcela ainda menor da população.

Costumes do País

A maioria dos costumes do país são regidos pelas os ideais das religiões taoismo e confucionismo, esses prezam pela responsabilidade ao bem comum, respeito aos mais velhos, repudio a agressão, ambição e competição. Dessa forma a hierarquia no país é muito forte, existe uma “ordem”, sendo colocados em primeiro lugar os homens mais velhos, seguidos pelos mais novos, e depois as mulheres mais velhas, seguidas pelas mais novas. No país o toque entre pessoas do mesmo sexo é mal visto e pouco tolerado.

O cumprimento geralmente é por aperto de mãos, os homens as vezes batem os ombros um no outro, isso em pessoas bem intimas, para pessoas intimas também podem acontecer abraços, mas é raro. Arrotar durante a refeição é um sinal de aprovação da comida. Os chineses também tem o hábito de cuspir no chão, pois engolir a própria saliva faz mal. No país a população costuma trocar presentes em ocasiões especiais como Ano novo Chines, casamentos e aniversários, mas há alguns presentes que tem fama de trazer má sorte, com lenços, sandálias, flores, relógios, tesouras e facas.

Mitologia

O país também tem forte influência da mitologia, como por exemplo a crença em que os dragões são seres de prosperidade e poder, sendo uma imagem bastante venerada pelos chineses.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Ásia
1.538

Função: Programação e SEO Formação: Bacharelando em Ciência da Computação – Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) Técnico em Informática Industrial – Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá (CTIG) Interesses:  Internet, Jogos, Esportes e Música

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *