As Constelações na Mitologia Grega – Parte V

Muitos foram os mitos gregos para a origem das constelações, elas estavam intimamente ligadas aos seus deuses. Frequentemente os deuses lançavam às estrelas heróis, criaturas e representações de feitos,  para imortaliza-los. Algumas das constelações que conhecemos hoje têm seu nome ligado às suas origens mitológicas gregas:

Andrômeda

Andrômeda é uma constelação em forma de V que é mais facilmente vista do hemisfério norte durante o outono.  Fica próxima ao polo norte, então somente parte do hemisfério sul consegue avista-la.

Andrômeda

Andrômeda

Fica próxima à constelação de Pégaso e compartilha uma estrela, Alpheratz, com a mesma, o que leva a crer que um dia essas estrelas eram apenas parte da constelação de Pégaso.

Ao lado direito da constelação pode ser vista a grande galáxia de Andrômeda, o objeto celeste mais distante visível a olho nu.

Na mitologia grega, Andrômeda era filha de Cassiopéia e Cefeu, rei da Etiópia. A mãe de Andrômeda clamava ser mais bela do que as ninfas do mar, as nereidas. Estas sentiram-se insultadas por isto e reclamaram a seu pai Poseidon. O rei dos mares ameaçou o reino da Etiópia com uma enchente e um monstro marinho, O rei foi avisado por seu oráculo a sacrificar sua filha Andrômeda, acorrentada a um rochedo para ser devorada pelo monstro.

Mitologia Grega

Mitologia Grega

Perseu, sobrinho do rei de Argos encontrou-a acorrentada enquanto navegava e imediatamente apaixonou-se por ela. Ele prometeu resgata-la se seus pais permitissem que se casassem. Cassiopéia e Cefeu aceitaram e Perseu matou a fera libertando Andrômeda.

Porém seus pais recusaram-se a cumprir a promessa e Andrômeda então partiu com Perseu sendo recompensada pela sua lealdade pela deusa Atena, que colocou sua imagem nas estrelas.

Cassiopéia

Presente na mesma lenda, a rainha Cassiopéia foi colocada entre as estrelas pelo deus Poseidon.  No entanto foi colocada de ponta cabeça para puni-la por sua pretensão, pois era muito orgulhosa de sua beleza, ousando compara-la a de deuses. Todas as figuras presentes neste mito formam constelações.

A constelação de Cassiopéia tem uma forma muito peculiar. Aparece como um “W” ou “M” no céu, dependendo de onde está. De acordo com a lenda, ela está acorrentada e por vezes pende de cabeça para baixo para lembrar aos mortais de não ser tão orgulhosos.

Cassiopéia

Cassiopéia

Cassiopéia é uma constelação circumpolar do norte, então pode ser vista durante todo o ano. Nela há vários aglomerados ou grupos de estrelas. M52 é um aglomerado bem grande na ponta ocidental.

Com a ajuda de um telescópio, podem-se ver vários corpos celestes nesta constelação. Há algumas nebulosas, incluindo a Nebulosa Bolha e IC 1805., que fica localizada ao leste da constelação. Por fim, também é possível se avistar galáxias, incluindo NGC 185, que fica a pouca distância a sul do “W”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>