O Que é a Pombagira?

A Pombagira é uma entidade do Candomblé e da Umbanda que é conhecida como o poderoso exu feminino. Essa entidade é conhecida por se manifestar incorporada num médium e para as religiões que nela acreditam é como uma mensageira entre o mundo dos orixás e a Terra.

A representação dessa entidade é feita através da figura de uma mulher bastante sensual, dominadora e que é independente. Muitas pessoas procuram a Pombagira para pedir ajuda por meio de conselhos a respeito de problemas do dia a dia e para fazer promessas para que a pessoa amada volte. 

O Candomblé e a Umbanda

O Candomblé uma religião que tem origens africanas e veio para o Brasil junto com os escravos africanos. Os escravos não podiam praticar a sua religião de forma livre e por isso criaram relações entre os seus orixás e os santos católicos o que fundamentou um dos principais sincretismos que temos no Brasil.

A Umbanda é uma religião criada a partir de conceitos do Candomblé no Brasil. A ideia da pombagira tem fundamentação na entidade do bombogira que tem a sua origem em cultos africanos da Angola. Foi com o passar do tempo que a entidade foi tendo a criação de um arquétipo de mulher sensual que faz o que quer. 

O Nascimento da Pombagira

A figura da Pombagira surgiu no começo do século XX como um símbolo de uma mulher moderna que tem liberdade para fazer o que quiser sem precisar continuar estigmatizada pela submissão ao homem. Como ela é o orixá do Trono do Desejo e Estímulo é vista como a entidade ligada ao amor e a questões de relacionamento.

Nessas religiões a figura da Pombagira é vista como uma mulher que sofreu muito em suas vidas anteriores e que evoluiu com o passar do tempo de forma que pode ajudar os outros. Quando a Pombagira é incorporada passa a ser chamada por outros nomes que determinam a sua personalidade dentre os quais estão Sete Encruzilhadas, Maria Padilha, Rosa Caveira entre outros.

Para a Umbanda a Pombagira é o espírito da luxúria e todos os prazeres que existem no mundo são do seu gosto. Algumas pessoas acreditam que a pombagira é o espírito de mulheres que em outras vidas foram prostitutas ou tiveram forte ligação com os prazeres da carne. Essas mulheres teriam morrido e se transformado em entidades espirituais que voltaram para ajudar os demais a evoluir. 

As Cores da Pombagira

Vista como o orixá ligado ao amor e aos relacionamentos a pombagira também o personificação das forças da natureza. Um orixá que é guardião do comportamento das pessoas. As cores que se destacam para esse orixá são vermelho e preto e nas suas representações é uma mulher que usa saias bem rodadas, blusas rendadas, muitos colares, acessórios e flores.

Oferendas

As principais oferendas para a pombagira são bebidas vinho, champanhe, pinga e itens ligados a vaidade como batons, espelhos e acessórios.

Mulher de Fibra

Uma das explicações para o arquétipo da pombagira é que se trata de uma imagem criada para responder ao machismo que impera no mundo e que é ostentado por Exu. Uma forma de mostrar para os homens que as mulheres tem força e poder. 

Características da Pombagira

Gira – Cerimônia

O que os umbandistas chamam de Gira é o ritual em que se realizam trabalhos espirituais através da incorporação de uma entidade pelos médiuns. No começo dessa cerimônia são entoados cantos e saudações bem como é feita a defumação necessária do ambiente.

De um lado do terreiro ficam os médiuns e no outro ficam os assistentes e aqueles que estão de visita. Porém, não é somente a pombagira que é incorporada pelos médiuns, também são incorporados outros exus que são orixás mensageiros.

Passes e Consultas

As pessoas que visitam um terreiro vão em busca de receber passes ou para fazer consultas. O que se chama de passe é a eliminação de energias negativas através de médiuns que podem estar ou não incorporados. Já nas consultas as pessoas contam para os assistentes quais são os seus problemas e eles repassam isso para as entidades que dão dicas de como resolver a questão acedendo vela ou então tomando banho de ervas.

A Roupa do Médium

Para incorporar a pombagira é importante que o médium esteja usando roupas como saias ou vestidos com turbantes, lenços e flores. As peças devem ter de preferência detalhes em tons de vermelho e preto também podem ter cores fortes como roxo, verde, amarelo e dourado. Os médiuns homens também podem incorporar a pombagira. 

Gargalhadas

Uma das principais características da pombagira é ser bastante alegre e rir muito. As gargalhadas exageradas têm a função de espantar o mal e causar medo nos espíritos que estão em busca de vingança. Essa entidade tem um gosto por bebida, fumo e por estar bem vestida. A imagem dessa entidade é quase sempre de uma mulher com a mão na cintura ou então segurando a barra da saia de forma a deixar a perna a mostra.

O Trabalho

A oferenda feita para a pombagira pode variar de acordo com o pedido a ser feito a ela que pode ser profissional, de relacionamento amoroso ou de cura de alguma doença. Em geral a oferenda conta com o padê que é uma farofa de dendê, cebolas e bifes. Existem algumas oferendas feitas com frutas, cigarros, chocolates, rosas e em alguns casos pode ser até necessário sacrificar um animal. Tudo depende do que a pombagira exige como oferenda.

Os locais em que serão deixadas as oferendas variam de acordo com a vontade da pombagira. Como as pombagiras são entidades de muita personalidade é necessário que nunca se quebre o acordo com elas e nem mesmo burle as regras da instrução dadas para a oferenda. Também não se deve demonstrar desrespeito pela entidade, pois qualquer uma dessas faltas podem causar uma consequência trágica. 

Canto da Pombagira

Algumas pessoas acreditam que em algumas noites é possível ouvir a pombagira cantando e dançando em locais exóticos como cemitérios, por exemplo. Também dizem que é possível sentir o perfume doce e feminino das pombasgira que não são visíveis. Se acontecer com você de ouvir a entidade cantando ou sentir o aroma fuja do local, porém, sem demonstrar desrespeito.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Divindades

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *