O Mito de Édipo

A mitologia Grega é cercada de mistérios, lendas e muita admiração . Não é difícil encontrar por aí pessoas que sejam encantadas e gostam de compartilhar histórias sobre a Grécia e seus poderosos e temidos deuses. Pode-se considerar, também, que a mitologia teve origem nesse lugar. Embora existam outras mitologias, como a Romana, a grega é sempre a mais lembrada e retratada em séries, jogos, filmes, etc.

O deus principal retratado na Grécia é Zeus, que é, segundo a mitologia, o líder entre os deuses do Olimpo, um monte localizado no país onde acredita-se que todos os deuses se reúnem. A partir daí, muitas histórias envolvendo os deuses surgiram, que vão desde traições até enlaces amorosos entre um deus ou deusa e um ser humano, que dão origem a um semideus. Geralmente, o semideus é dotado de força e poderes, além de outras características que evidenciem a filiação do “herói” com o deus do Olimpo.

Uma das lendas mais conhecidas da mitologia grega é, justamente, o de Édipo, que é o assunto do nosso artigo de hoje. Aqui, você vai conhecer um pouco mais sobre o mito acerca dessa personagem, bem como algumas informações bastante interessantes sobre a sua história. Vamos lá?

Édipo

Édipo, como já explanado acima, é um conhecido personagem da vasta mitologia grega, que é reconhecido, principalmente, por conta da história que envolve a morte de seu pai: Édipo cometeu o crime de assassinato contra ele, e, depois disso, passou a se relacionar amorosamente com sua própria mãe.

Toda a história tem início quando Laio, pai de Édipo e rei de Tebas, visitou o Oráculo de Delfos e recebeu uma terrível e triste previsão: a de que seu filho iria crescer e, um dia, iria mata-lo e , por conseguinte, se casaria com sua mulher e mãe de seu filho.  Laio, temeroso de que isso pudesse realmente acontecer, tratou de levar o seu filho, ainda bebê, para o Monte Cierão, onde, para fazer com que ele perecesse rapidamente, pregou os seus pés no chão com pregos.  Mais tarde, porém, o bebê foi recolhido por um pastor que estava trabalhando por ali perto. Por consequência de seus pés furados pelos pregos, recebeu o nome de “Edipodos”, que significa “pés –furados”. Anos mais tarde, foi adotado por um rei de Corinto e, ai, retornou a sua cidade natal (sem saber), Delfos.

Édipo, já adulto, resolver ir até o Oráculo, o mesmo que seu pai biológico foi, e lá também recebeu a catastrófica previsão de que iria matar o seu próprio pai e se casaria com sua mãe. Para evitar que isso acontecesse, Édipo resolveu fugir, pois acreditava que essa previsão atingiria seus pais adotivos – que ele também não sabia que não eram seus pais biológicos- e seguiu o seu rumo. No entanto, no caminho, encontrou um homem, que o desafio e o mandou sair da sua frente. Édipo, no entanto, tomado pela fúria, acaba matando o homem. Esse homem era ninguém menos que Laio, o seu pai adotivo. Uma parte da profecia, portanto, havia sido cumprida,sem pai e filho saberem disso.

Depois de derrotar Laio, Édipo vai até uma cidade e conhece uma mulher que havia ficado há pouco tempo sem marido. Apaixona-se e acaba casando com ela. Essa mulher é Jocasta, viúva de Laio e, consequentemente, mãe de Édipo.  Com o tempo, Édipo passa a ser conhecido em sua nova localidade, e ficou mais famoso ainda quando conseguiu derrotar a esfinge que aterrorizava os moradores de Tebas.  A esfinge havia lançado um desafio para que Édipo respondesse, no qual ela perguntava qual era o animal que, pela manhã, tinha quatro patas, no meio dia possuía duas e, já ao entardecer, possuía três? Édipo, depois de muito refletir, tinha chegado à conclusão que esse enigma era, na verdade, a sua história de vida, que ficou conhecendo graças à previsão do Oráculo no qual ele prestou consulta depois de adulto. Assim, conseguiu derrotar a esfinge e fez com que a paz e a calma retornassem ao povo de Tebas.

No entanto, o sofrimento de Édipo estava apenas começando. Isso porque, quando contraiu uma peste que foi comum em sua cidade na época, Édipo acabou consultando, novamente o Oráculo, e foi aí que descobriu que ele havia matado o seu pai biológico, e que havia se casado com sua própria mãe. Tal revelação caiu como uma verdadeira desgraça na vida da família de Édipo. Sua mãe e mulher, Jocasta, quando ficou sabendo de tal história, resolveu suicidar-se. Já Édipo, resolveu que, como foi cego de não perceber que a sua mulher se tratava, de fato, de sua mãe, furou os dois olhos, como um sinal de punição a sim mesmo pelo ato cometido.

Antes de cometer esse ato contra si, Édipo reinou por muitos anos sem dificuldade, tendo, inclusive, filhos,  sendo dois meninos e duas meninas com Jocasta. Isso só veio a tona, como explicado anteriormente, quando uma severa peste tomou conta do reino. Assustado com o número de mortes e querendo explicações, Édipo foi novamente ao Oráculo, buscando respostas sobre o alastro da peste pelo território do reino.

Outras Versões

Alguns filósofos dizem que o mito de Édipo tem outras origens, mas que não são confirmadas como sendo legítimas. Uma delas diziam que a intenção de Édipo era realmente matar seu pai e se casar com sua mãe, como uma forma de vingança por causa do abandono quando bebê. Presume-se, então, que nessa versão do mito, Édipo sabia que o rei de Corinto era, na verdade, seu pai adotivo e, por conta disso, foi buscar a origem de sua história.

No entanto, outras versões discutem a origem de Laio, pai de Édipo. Alguns filósofos argumentam que Laio era, também, filho adotivo de outro rei, que chegou a ter um caso homossexual com ele. A relação acabou sendo descoberta e a punição para isso era não ter nenhum filho, já que, se o tivesse, ele iria mata-lo e casar-se com a sua esposa. Quando Laio ficou sabendo da gravidez de Jocasta, incialmente ficou feliz, mas depois lembrou-se da maldição e, portanto, queria por um fim logo à vida de Édipo.

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
História

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Muito bom gannhei 10 em 1 trabalho de Filosofia grega
    na escola

    ClaudiO 31 de janeiro de 2012 1:38 Responder
  • É muito enteressante
    aprendi ate mais

    nathali cristina 5 de junho de 2012 16:46 Responder
  • Right now it looks like Drupal is the top blogging platform out there right now. (from what I’ve read) Is that what you are using on your blog?

    Discount Nike Free 2.0 Womens 18 de março de 2015 9:48 Responder
  • Hello there! Do you know if they make any plugins to help with SEO? I’m trying to get my blog to rank for some targeted keywords but I’m not seeing very good gains. If you know of any please share. Thanks!

    Do Not Choose Expensive. 20 de março de 2015 1:56 Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *